Organização trófica da avifauna do campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

Rosa Elisa V. Villanueva, Marcelo da Silva

Resumo


O Campus da UFSC é caracterizado por apresentar uma paisagem essencialmente urbana, com diversas espécies de árvores de crescimento rápido e de arbustos ornamentais exóticos. Neste ambiente, foram identificadas 58 espécies de aves, pertencendo a 25 famílias. Nestas, a guilda mais abundante foi a dos insetívoros, com 21 espécies ou 36,2% do total. Entre os nectarívoros registramos 10,3% (6 espécies). Os frugívoros com 13,8% do total (8 espécies) são mal representados no Campus, visto que a oferta de frutos é escassa. Do total de espécies registradas 20,68% (12 espécies) reproduzem-se na área. As características desta avifauna são as de um ambiente urbano, no qual são favorecidas as aves insetívoras, principalmente as sinántropas, em detrimento de outras espécies. Entretanto, estratégias podem ser adotadas para o incremento e/ou manutenção da biodiversidade, tais como o reflorestamento com plantas nativas.

Palavras-chave


Organização trófica; Avifauna; Campus da UFSC; Florianópolis; Santa Catarina

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 1996 Rosa Elisa V. Villanueva, Marcelo da Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.