Aspectos da ecologia populacional de Drosera brevifolia Pursh em um trecho de baixada úmida de dunas, Florianópolis, SC

Eloísa Neves Mendonça, Tania Tarabini Castellani

Resumo


Foi realizado o acompanhamento de uma população de Drosera brevifolia em uma área de baixada úmida de dunas, sujeita a alagamentos temporários. Foram feitos censos periódicos em 20 quadrados permanentes de 10cm x 10cm em 4 zonas distintas quanto à altitude e à umidade do solo. O ano de estudo, 1988, mostou uma acentuada restrição de pluviosidade no inverno, acarretando mortalidade maciça dos indivíduos. Ocorreu uma redução no número de indivíduos presentes, das áreas mais secas para as mais úmidas, gerando como que um "deslocamento" das dróseras para o centro do lado, em função da redução do nível do lençol freático. Em cada zona de estudo, o padrão de distribuição espacial de D. brevifolia mostou-se agrupado. Discute-se o papel da umidade do solo e da cobertura vegetal associada na determinação da ocorrência dos indivíduos. D. brevifolia mostrou um pico de floração no verão, estando a probabilidade de florescimento correlacionada ao diâmetro da roseta foliar basal dos indivíduos.

Palavras-chave


Drosera brevifolia; Demografia vegetal; Fenologia; Dunas arenosas; Baixadas úmidas

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 1993 Eloísa Neves Mendonça, Tania Tarabini Castellani

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.