Loucura concreta e loucura rústica: ensaio sobre a imagem do diferente na contemporaneidade

Conteúdo do artigo principal

Thiago Petra da Motta Campos

Resumo

Analisarei alguns episódios ao longo da história que construíram a imagem da loucura na contemporaneidade. Destacarei a dicotomia entre razão e desrazão, bem como, saúde e doença, normal e patológico. Enfocarei ainda a loucura como possibilidade humana e sua ligação à ordem social. Assimilarei estas informações junto à teoria das representações sociais. Portanto observarei a influência da cultura na configuração da loucura fundando, consequentemente, uma bifurcação. Estando de um lado a Loucura Concreta e de outro a Loucura Rústica. Essa distinção será explicada durante o artigo trazendo maior originalidade ao próprio. Assim almejo inquietar e abrir uma janela para pensarmos e repensarmos a condição da loucura na sociedade ocidental.

Detalhes do artigo

Como Citar
CAMPOS, . P. da M. Loucura concreta e loucura rústica: ensaio sobre a imagem do diferente na contemporaneidade. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 5, n. 11, p. 26–43, 2013. DOI: 10.5007/cbsm.v5i11.68791. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/68791. Acesso em: 28 jan. 2023.
Seção
Artigos originais