REABILITAÇÃO PSICOSSOCIAL E CIDADANIA O TRABALHO E A GERAÇÃO DE RENDA NO CONTEXTO DA OFICINA DE PANIFICAÇÃO DO CAPS GRÃO-PARÁ

Autores

  • Andréa Ferreira Lina Silva Universidade do Estado do Pará
  • Ana Maria Pires Mendes Escola Superior da Amazônia - ESAMAZ

DOI:

https://doi.org/10.5007/cbsm.v12i33.68878

Palavras-chave:

, Reabilitação Psicossocial, trabalho, geração de renda

Resumo

A rede de atenção psicossocial brasileira produto dos processos históricos do país visa garantir a reabilitação psicossocial de seus usuários através do trabalho, especificamente, através das iniciativas de geração de trabalho e renda, empreendimentos solidários e cooperativas sociais. Com o objetivo de compreender de que forma o trabalho promove a reabilitação psicossocial no contexto da rede de atenção psicossocial elegeu-se a oficina de panificação do Centro de Atenção Psicossocial CAPS III Grão-Pará do município de Belém-PA para uma pesquisa. Buscou-se perceber através de entrevistas semi estruturadas como o trabalho da oficina de panificação promove a reabilitação psicossocial para os 10 (dez) participantes da oficina. Verificou-se que para a maioria dos participantes a oficina de panificação era uma atividade de habilidades culinárias onde o trabalho possuía função terapêutica e onde a expectativa da geração de renda estava diretamente ligada ao sucesso/ou fracasso da execução de um projeto de inclusão social pelo trabalho aprovado pelo Ministério da Saúde no ano de 2012. Por acreditar que é possível desde já promover a reabilitação psicossocial propõe-se que a oficina adote os princípios de participação e autogestão do cooperativismo social e da economia solidária em seu processo de trabalho, bem como, que a comunidade seja envolvida no projeto de geração de trabalho e renda do CAPS.

Biografia do Autor

Andréa Ferreira Lina Silva, Universidade do Estado do Pará

Graduada em Serviço Social pela Universidade Federal do Pará (UFPA), especialista em "Gestão Pública e Sociedade: Economia Solidária" (SENAES/UFT/UNICAMP). Atualmente assistente social residente multiprofissional na atenção a saúde mental pela Universidade do Estado do Pará (UEPA).

Ana Maria Pires Mendes, Escola Superior da Amazônia - ESAMAZ

Possui graduação em Serviço Social pela Universidade Federal do Pará (1984), mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará (2004) e doutoranda em Educação pela Universidad de la Empresa. Atualmente é pesquisadora da Universidade Federal do Pará e Coordenadora do Curso de Serviço Social da Escola Superior da Amazõnia. Tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase em Serviço Social da Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: cooperativismo, organização social, trabalho coletivo, formação, educação popular, política de saúde, interdisciplinaridade, globalização, industria cultural, racionalidade, modernidade.

Downloads

Publicado

2020-12-22

Edição

Seção

Artigos de pesquisa