Ocorrência de estresse ocupacional em trabalhadores bancários: Uma revisão da literatura

Conteúdo do artigo principal

Fernanda Aparecida Valeretto

Resumo

Este estudo tem como objetivo investigar a ocorrência de estresse ocupacional em bancários. Trata-se de uma revisão da literatura constituída por periódicos nacionais coletados na base de dados da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências de Saúde (LILACS) e Scientific Eletronic Library Online (SciELO) com ano de publicação no período de 2002 a 2012 . Este estudo torna-se relevante por observar na literatura que a profissão do bancário é reconhecida como uma das mais estressantes e mais afetadas por doenças ocupacionais. Os resultados permitiram constatar a existência de fatores estressores nas agências. Conclui-se que através de um Programa para diminuição da ocorrência de estresse ocupacional é possível diminuir as taxas de absenteísmo, rotatividade, desmotivação e violência e consequentemente melhorar os níveis de produtividade e motivação reduzindo os custos com seguro de saúde e indenizações melhorando assim a qualidade de vida e os indicadores de saúde no trabalho.

Detalhes do artigo

Como Citar
VALERETTO, . A. Ocorrência de estresse ocupacional em trabalhadores bancários: Uma revisão da literatura. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 6, n. 13, p. 175, 2014. DOI: 10.5007/cbsm.v6i13.68958. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/68958. Acesso em: 7 out. 2022.
Seção
Resumos