Uso de drogas, repercussões e intervenções neuropsicológicas em saúde mental

Autores

  • Rachel Schlindwein- Zanini Hospital Universitário/Universidade Federal de Santa Catarina
  • Micheli Sotili UFSC

Palavras-chave:

Drogas, Neuropsicologia, Saúde mental.

Resumo

O abuso de drogas é considerado um problema de Saúde Mental e social, com efeitos potencialmente devastadores à saúde do usuário, às relações familiares, às expectativas profissionais e à sociedade, requerendo políticas de controle e combate. A dependência de substâncias (como álcool, fármacos, cocaína, crack e maconha) relaciona-se a fatores biológicos, sociais e psicológicos, e consiste, basicamente, na presença de alterações comportamentais, fisiológicas e cognitivas. Considerando a diversidade de padrões de uso de drogas existentes, para o diagnóstico da dependência química é necessário investigar  diversos aspectos. A avaliação neuropsicológica também pode ser utilizada no diagnóstico do comprometimento cognitivo e planejamento de reabilitação neuropsicológica, e consiste no exame das funções cognitivas do indivíduo, como orientação, memória, linguagem, atenção, raciocínio, através de procedimentos e testes padronizados. Podendo incluir instrumentos como: Bateria de Avaliação Frontal (FAB); Inventário de Alterações Neuropsicológicas – NEUROPSZC; Escala Wechsler de Inteligência para Adultos (WAIS); Teste Wisconsin de Classificação de Cartas (WCST); Teste de Associação de Palavras Controladas (COWAT). Para que as intervenções terapêuticas alcancem êxito, é necessário que o usuário de substâncias e seus familiares compreendam a amplitude dos prejuízos provocados pelo seu uso e sejam aderentes as orientações da equipe. As intervenções incluem desintoxicação, farmacoterapia, psicoterapias (como a terapia cognitivo-comportamental), reabilitação/estimulação neuropsicológica, terapia ocupacional, além dos grupos de ajuda mútua, importantes no âmbito de saúde mental.

Downloads

Publicado

2019-06-01

Como Citar

ZANINI, R. S.-.; SOTILI, M. Uso de drogas, repercussões e intervenções neuropsicológicas em saúde mental. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 11, n. 28, p. 94-116, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/69780. Acesso em: 24 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos originais