Tentativa de suicídio e acolhimento: a visão da equipe de enfermagem quanto à assistência prestada em um serviço de urgência e emergência

Conteúdo do artigo principal

Aline Oliveira Guedes
Gabriela da Cunha Januário
Maria Inês Lemos Coelho Ribeiro
http://orcid.org/0000-0003-4900-5278
Aline Teixeira da Silva
http://orcid.org/0000-0002-6364-8491
Jamila Souza Gonçalves
http://orcid.org/0000-0003-4565-8909
Andréa Cristina Alves
http://orcid.org/0000-0003-1535-4832

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar a visão da equipe de enfermagem quanto à assistência e acolhimento prestados aos pacientes que tentaram suicídio e procuraram os serviços de urgência e emergência, levantando os pontos negativos e positivos do cuidado prestado. Trata-se de uma pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, realizada em um município do interior de Minas Gerais, com a equipe de enfermagem. Os resultados mostram que se faz imprescindível a transdisciplinaridade para que o atendimento se estabeleça de maneira satisfatória. A equipe, dentro de suas realidades, recebe os pacientes e realiza procedimentos, porém, é fundamental o aprimoramento de técnicas, através de treinamentos mais eficazes. Constatou-se que a escuta ampliada é uma ferramenta necessária para o bom desenvolvimento do trabalho do profissional de enfermagem, entretanto, a existência de uma rede de atenção desarticulada dificulta os serviços prestados e a continuidade que se faz preciso para estes casos. É evidenciado também que o atendimento aos pacientes em comportamento suicida é rápido e imediato na Unidade de Urgência e Emergência, uma vez que os profissionais atuam com a prática adquirida nos anos de trabalho. Porém os usuários continuam desassistidos, no tocante de um encaminhamento médico especializado e mesmo de apoio multiprofissional dentro do Pronto Atendimento Municipal.


 

Detalhes do artigo

Como Citar
GUEDES, Aline Oliveira; JANUÁRIO, Gabriela da Cunha; RIBEIRO, Maria Inês Lemos Coelho; SILVA, Aline Teixeira da; GONÇALVES, Jamila Souza; ALVES, Andréa Cristina. Tentativa de suicídio e acolhimento:: a visão da equipe de enfermagem quanto à assistência prestada em um serviço de urgência e emergência. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 15, n. 42, p. 43–64, 2023. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/71512. Acesso em: 24 maio. 2024.
Seção
Artigos originais
Biografia do Autor

Aline Oliveira Guedes, IFSULDEMINAS

Enfermeira. Graduada pela Faculdade de Ciências e Tecnologia de Campos Gerais no ano de 2012. Atua em uma Unidade de Saúde na cidade de Guape-MG.

Gabriela da Cunha Januário, Universidade do Estado de Minas Gerais

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Atenção à Saúde da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de São João Del Rei, campus Centro Oeste Dona Lindu, na cidade de Divinópolis-MG. Mestre em ciências da saúde pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de São João Del Rei. Docente do curso de enfermagem pela Universidade do Estado de Minas Gerais.

Maria Inês Lemos Coelho Ribeiro

Doutora e Mestre em Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto –USP. Graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1989). Especialista em Administração Hospitalar. Docente da Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG no curso de graduação em Enfermagem.

Aline Teixeira da Silva, Universidade do Estado de Minas Gerais

Doutoranda em Ciências da Saúde pela EERP-USP. Graduação em Enfermagem pela Faculdade de Enfermagem de Passos /Universidade do Estado de Minas Gerais (2007). Pós graduação MBA em Gestão de Negócios de Saúde (2009); Urgência e Emergência (2011) e Docência em Saúde (2013). Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal de Alfenas (2015-2016). Docente da Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG no curso de graduação em Enfermagem.

Jamila Souza Gonçalves, IFSULDEMINAS

Doutora em Enfermagem Psiquiátrica pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - EERP/USP (2021). Graduação em Enfermagem pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2011). Especialista em Fisiologia Aplicada às Ciências da Saúde (2014). Mestre em Processo de Cuidar em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Alfenas - Unifal-MG (2016). Docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas - Campus Passos.

Andréa Cristina Alves, IFSULDEMINAS

Doutora em Enfermagem Psiquiátrica pela Universidade de São Paulo-USP Ribeirão Preto. Graduação em Enfermagem pela Universidade do Estado de Minas Gerais-Passos. Especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Faculdade de Saúde Ibituruna. Mestre em Saúde e Educação pela Universidade de Ribeirão Preto. Docente EBTT pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas de Minas Gerais- IFSULDEMINAS campus Passos/MG.

Referências

AVANCI, Rita de Cássia. O adolescente que tenta suicídio: estudo epidemiológico de uma unidade de emergência. Ribeirão Preto: Universidade de São Paulo, 2004.

BAHIA, Camila Alves, et.al. Lesão autoprovocada em todos os ciclos da vida perfil das vítimas em serviços de urgência e emergência de capitais do Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v.22, n.9, p.2841-2850, 2017.

BESKOW James, et al. Autópsias psicológicas: métodos e ética. Comportamento da vida suicida, v. 20, p. 307–323, 1990.

CAMILLO, Simone de Oliveira; SILVA, Ana Lúcia da. Inovação no ensino superior em enfermagem. São Paulo: Cabral Editora e Livraria Universitária, 2006.

CAMILLO, Simone de Oliveira; SILVA, Ana Lúcia da; NASCIMENTO A. J. Percepções do graduando de enfermagem sobre a dimensão humana no seu aprendizado. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 15, n. 2, p. 207-213, 2007.

DANTAS, Ana Paula; AZEVEDO, Ulicélia M; NUNES, AD, AMADOR, Ana E; MARQUES, Marilane V; BARBOSA, Isabelle R. Analysis of suicide mortality in Brazil: spatial distribution and socioeconomic context. Revista Brasileira de Psiquiatria [Internet], v. 40, n. 1, p. 12-18, 2018.

FELDMANN, Maria Adjutrix, et al. Aspectos de Humanização do Serviço de Enfermagem no Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília , v. 26, n. 6, p. 515-526, 1973.

FREITAS, Ana Paula Araújo de; BORGES, Lucienne Martins. Do acolhimento ao encaminhamento: O atendimento às tentativas de suicídio nos contextos hospitalares. Estudos de Psicologia, v.22, n.1, jan-mar, p.50-60, 2017.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Secretaria de Saúde. Centro Estadual de Vigilância em Saúde. Suicídio e tentativa de suicídio. Bol Vig Epidemiol., v. 1, n. 1, p.1-8, 2018.

GUTIERREZ, Beatriz Aparecida Ozello. Assistência hospitalar na tentativa de suicídio. Psicologia USP, v. 25, n. 3, p. 262-269, 2014.

KONDO, Érika Hissae, et al. Abordagem da equipe de enfermagem ao usuário na emergência em saúde mental em um pronto atendimento. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 45, n. 2, p. 501-507, 2011.

LIMA, Mônica; SANTOS, Lívia. Formação de Psicólogos em Residência Multiprofissional: Transdisciplinaridade, Núcleo Profissional e Saúde Menta. Psicologia: Ciência e Profissão, v.32, n.1, p.126-141, 2012.

MACENTE, Luciene Bolzam; SANTOS, Elen Guimarães; ZANDONADE, Eliana. Tentativas de suicídio e suicídio em município de cultura pomerana no interior do estado do Espírito Santo. Jornal Brasileiro de Psiquiatria. v. 58, n. 4, p. 238-244, 2009.

MACHADO, Maria Helena, et.al. Características gerais da enfermagem: o perfil sociodemográfico. Enfermagem em Foco, v.6, n.1, p.11-17, 2015.

MALTA, DC, MINAYO., MCS, SOARES, FILHO AM, SILVA, MMA, MONTENEGRO, MMS, LADEIRA RM, et al. Mortalidade e anos de vida perdidos por violências interpessoais e autoprovocadas no Brasil e Estados: análise das estimativas do Estudo Carga Global de Doença, 1990 e 2015. Revista Brasileira de Epidemiologia [Internet], v. 20, suppl. 1, p. 142-56,2017.

MÁXIMO, Heloisa dos Reis Malheiro; BOSI, Maria Lúcia Magalhães. Saúde mental em um hospital público: o olhar de profissionais médicos do município do Rio de Janeiro. Physis: Revista de Saúde Coletiva, v. 16, n. 2, p. 293-316, 2006.

MCALLISTER, Margaret, et al. Nurses’ attitudes towards clients who self-harm. Methodological issues in nursing research. Journal of Advanced Nursing, v. 40, n. 5, p. 578-586, 2002.

MINISTÉRIO DA SAÚDE, Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Agenda de ações estratégicas para vigilância e prevenção do suicídio e promoção da saúde no Brasil: 2017 a 2020. Brasília: Ministério da Saúde, 2017.

MOREIRA, Lenice Carilho de Oliveira; BASTOS, Paulo Roberto Haidamus de Oliveira. Prevalência e fatores associados à ideação suicida na adolescência: revisão de literatura. Revista Quadrimestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, SP, v.19, n.3, p.445-453, 2015.

NAVARRO, Maria Carmen Carmona; MARTINEZ, Maria Carmen Pichardo. Atitudes do profissional de enfermagem em relação ao comportamento suicida: influência da inteligência emocional. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v.20, n.8, p.1-8, 2012.

OLIVEIRA, Tereza Marquez de. O psicanalista diante da morte: intervenção psicoterapêutica na preparação para a morte e elaboração do luto. São Paulo: Mackenzie, 2001.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Global Health Observatory. Genebra: OMS, 2015.

PARENTE, Adriana da Cunha Menezes, et. al. Caracterização dos casos de suicídio em uma capital do Nordeste Brasileiro. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 60, n. 4, p. 377-381, 2007.

POULIOT, Louise; DE LEO, Diego. Critical Issues in Psychological Autopsy Studies. Suicide and Life-Threatening Behavior, n.36, v.24, october, p.491-510, 2006.

PRIETO, Daniela; TAVARES, Marcelo. Fatores de risco para suicídio e tentativa de suicídio: incidência, eventos estressores e transtornos mentais. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, v. 54, n. 2, p. 146-54, 2005.

REISDORFER, Nara, et.al. Suicídio na voz de profissionais de Enfermagem e estratégias de intervenção diante do comportamento suicida. Revista de Enfermagem da UFSM, v.5, n.2, p.295-304, Abr/Jun 2015.

RIBEIRO, Alexsandro Alves, et.al. O enfermeiro e a pessoa que tenta suicídio: uma reflexão do cuidado humanizado. Revista Ciência Atual, v.11, n.1, p.02-15, 2018.

RIO GRANDE DO SUL. Secretaria Estadual da Saúde. Prevenção do Suicídio no nível local: orientações para a formação de redes municipais de prevenção e controle do suicídio e para os profissionais que a integram. 2011.

VIDAL, Carlos Eduardo Leal; GONTIJO, Eliane Dias. Tentativas de suicídio e o acolhimento nos serviços de urgência: a percepção de quem tenta. Cadernos Saúde Coletiva, v. 21, n. 2, p. 108-114, 2013.

VALSECHI, Elizabeth Amâncio de Souza da Silva. Fundamentos de Enfermagem: Incidentes críticos relacionados a prestação de assistência em estágio supervisionado. [Dissertação]. São Paulo (SP): Escola de Enfermagem/USP; 1999.