ANSIEDADE E DEPRESSÃO E SUA RELAÇÃO COM A IMAGEM CORPORAL EM ESTUDANTES DE EDUCAÇÃO FÍSICA Anxiety and depression Symptoms and their relationship with body image among physical education students

Conteúdo do artigo principal

Maria Claudia Sousa Gomes
Kassio Samuel Ramos de Lemos
Mara Jordana Magalhães Costa

Resumo

O estudo objetivou avaliar os sintomas de ansiedade e depressão de estudantes em Teresina e relacionar com a imagem corporal. Foi um estudo transversal, com 30 universitários, selecionados por amostragem não probabilística. Utilizou-se um questionário sociodemográfico, a EHAD, para avaliar os sintomas de ansiedade e depressão e o BSQ-34 para avaliar a percepção com imagem corporal. Os dados foram analisados por estatística descritiva e teste do qui-quadrado utilizando o software STATA 12.0. Observou-se que a maioria dos estudantes apresentaram ausência de distorção 60% e uma relação estatisticamente significativa entre nível de ansiedade (p=0,000) e depressão (p=0,000) com a satisfação da imagem corporal. Portanto, houve uma relação entre satisfação com imagem corporal, ansiedade e depressão.

Detalhes do artigo

Como Citar
GOMES, Maria Claudia Sousa; LEMOS, Kassio Samuel Ramos de; COSTA, Mara Jordana Magalhães. ANSIEDADE E DEPRESSÃO E SUA RELAÇÃO COM A IMAGEM CORPORAL EM ESTUDANTES DE EDUCAÇÃO FÍSICA: Anxiety and depression Symptoms and their relationship with body image among physical education students. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 15, n. 43, p. 1–13, 2023. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/73342. Acesso em: 21 jul. 2024.
Seção
Artigos originais
Biografia do Autor

Maria Claudia Sousa Gomes, Faculdade Santo Agostinho - FSA

Graduada em Educação Física - UFPI. Especialista em Fisiologia do Exercício e Treinamento Personalizado – FSA.

Kassio Samuel Ramos de Lemos, Faculdade Santo Agostinho - FSA

Graduado em Educação Física - UFPI. Especialista em Fisiologia do Exercício e Treinamento Personalizado – FSA

Mara Jordana Magalhães Costa, UFPI

Doutora em Saúde Pública. Professora Adjunta do curso de Educação Física da Universidade Federal do Piauí- UFPI.