VOZES-ESPELHO: O ENCONTRO COM O COMUM E A ALTERIDADE NO PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DE GRUPOS DE RECOVERY E EMPOWERMENT EM SAÚDE MENTAL

Conteúdo do artigo principal

Marcela Pimenta Guimarães Muniz
Carina Félix da Silva
Nicole Cabral Cardoso Malheiros
Marcela Albuquerque de Oliveira Campos
Vitória Costa Oliveira
Stéphanie Santos Perri
Matheus Marques Ferreira

Resumo

Este estudo teve como objetivo construir uma reflexão crítica sobre o encontro com o Comum e a Alteridade enquanto componentes da experiência no âmbito do Projeto de Extensão Universitária de Grupos de Recovery e Empowerment em Saúde Mental da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense. A justificativa deste artigo se dá pela necessidade de se oferecer estudos que versem sobre a realidade das práticas de Recovery em grupo, uma vez que são intervenções em consonância com a desinstitucionlização da vida. Como resultados e discussão crítica sobre a experiência do Projeto com os componentes do encontro com o Comum e Alteridade, o estudo apontou que pessoas que partilham de adversidades semelhantes percebem-se umas nas outras e enxergam umas às outras. Para uma leitura leiga, o Comum pode ser entendido como corriqueiro ou trivial e para a psicanálise poderia ser lido do ponto de vista da identificação que reforça algum narcisismo. No entanto, na esquizoanálise e filosofia da diferença, traz-se este encontro com o Comum como dispositivo produtor do aumento da potência de vida. Trata-se da produção de potência causada pela repetição na diferença, ou pelo que o escritor Manoel de Barros trouxe sobre “repetir, repetir, até ficar diferente”. Concluiu-se, através desta construção crítica sobre a experiência do Projeto com os componentes em questão, que perceber no outro vivências e dores semelhantes contribui para que cada um valide e legitime sua própria experiência, criando o contato com feedbacks em bons encontros e produzindo vontade de potência.

Detalhes do artigo

Como Citar
MUNIZ, M. P. G.; DA SILVA, C. F.; MALHEIROS, N. C. C.; DE OLIVEIRA CAMPOS, M. A.; OLIVEIRA, V. C.; PERRI, S. S.; FERREIRA, M. M. VOZES-ESPELHO: O ENCONTRO COM O COMUM E A ALTERIDADE NO PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DE GRUPOS DE RECOVERY E EMPOWERMENT EM SAÚDE MENTAL. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 13, n. 35, p. 95-107, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/76774. Acesso em: 10 ago. 2022.
Seção
Artigos originais
Biografia do Autor

Marcela Pimenta Guimarães Muniz, Universidade Federal Fluminense

Docente da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa (EEAAC/UFF) com projetos de Ensino, Pesquisa e Extensão na áera de Saúde Mental.

Carina Félix da Silva, UFF

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós-graduação em Ciências do Cuidado em Saúde (PACCS/UFF).

Nicole Cabral Cardoso Malheiros, UFF

Acadêmica de Enfermagem da EEAAC/UFF.

Marcela Albuquerque de Oliveira Campos, UFF

Acadêmica de Enfermagem da EEAAC/UFF.

Vitória Costa Oliveira, UFF

Acadêmica de Enfermagem da EEAAC/UFF.

Stéphanie Santos Perri, UFF

Acadêmica de Enfermagem da EEAAC/UFF.

Matheus Marques Ferreira, UFRJ e UFF

Enfermeiro. Residente de Saúde Mental no Instituto de Psiquiatria da UFRJ.

Referências

AGUIAR, Maria Isis Freire de et al . Competências do enfermeiro para

promoção da saúde no contexto de saúde mental. Acta paulista de

enfermagem, 25(2): 157-163, 2012.

ANASTÁCIO, Camila Cardoso; FURTADO, Juarez Pereira. Reabilitação

psicossocial e recovery: conceitos e influências nos serviços oferecidos pelo

sistema de saúde mental. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 1984-

, Florianópolis, v.4 , n.9, p. 72-83, 2012.

CALDAS, Cimara Bandeira de Sousa; COSTA, Raul Max Lucas da. Discutindo

o processo grupal em Alcóolicos Anônimos. Revista Interfaces: Saúde,

Humanas e Tecnologia, v. 2, n. 6. 2014.

DELEUZE, G; GUATTARI, F. Mil platôs. São Paulo: Editora 34, 2012.

DOCHERTY NM, DINZEO TJ, MCCLEERY A, BELLl EK, SHAKEEL MK, MOE

A. Internal versus external auditory hallucinations in schizophrenia: symptom

and course correlates. Cogn neuropsychiatry. v. 20, n.3, p.187–197. 2015.

ESPINOSA, Baruch. Ética e tratado político. São Paulo: Nova Cultural, 2005 -

(Coleção Os Pensadores).

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia. 54ª ed. Rio de Janeiro (RJ): Paz e

Terra, 2016.

GILLESPIE, Charles et al. Risk and Resilience: Genetic and Environmental

Influences on Development of the Stress Respons. Depression and anxiety, v.

, n.11, p. 984-92. 2009.

HEIDEGGER, Martin. Ser e tempo, Parte I e II. 3ª ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

LARANJEIRA C. A. S. de J. Do invulnerável ser ao resiliente envelhecer:

revisão de literatura. Psicologia: teoria e pesquisa, Brasília. v, 23, n .3, p. 327-

2007.

LÉVINAS, Emmanuel. Entre nós. 4ª ed. Petrópolis: Vozes, 2005.

LÉVINAS, Emmanuel. Théorie de l’intuition dans la phenoménologie de

Husserl. Paris: Vrin, 1963.

LONGDEN, Eleanor; CORSTENS, Dirk; DILLON, Jacqui. Recovery, discovery

and revolution: the work of Intervoice and the hearing voices movement. In:

Madness contested: power and practice. COLES, Steven;, KEENAN, Sarah,

DIAMOND, Bob. ROSS-ON-WYE: PCCS Books; 2013.

MESQUITA, Ana Cláudia; CARVALHO, Emilia Campos de. A Escuta

Terapêutica como estratégia de intervenção em saúde: uma revisão integrativa.

Revista da escola de enfermagem da USP, São Paulo, 48(6): 1127-1136, 2014.

MIRANDA, Anna Meireles Pavarin; PIMENTEL, Fernanda de Almeida;

VILLARES, Cecília Cruz. Anjos de uma asa só: processos de superação na

esquizofrenia em um grupo de ajuda mútua. Revista Nova Perspectiva

Sistêmica, v. 23 n. 48, p. 64-79, 2014.

MOREIRA, Herivelto. Critérios e estratégias para garantir o rigor na pesquisa

qualitativa. Revista brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, Ponta Grossa,

v. 11, n. 1, p. 405-424, jan./abr. 2018.

MUNIZ, Marcela Pimenta; ABRAHÃO, Ana Lúcia; TAVARES, Claudia Mara de

Melo. A assistência de enfermagem em tempos de reforma psiquiátrica.

Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental, v. 13, n.1, p.61-65,

NIETZSCHE, Friedrich. Vontade de potência. 1ª ed. Rio de Janeiro: Editora

Vozes, 2011.

NUNES, Ana Clara Pica. Promovendo a ajuda mútua em saúde mental.

Dissertação de especialização. Beja: Escola Superior de Saúde do Instituto

Politécnico de Beja, 2009.

OLIVEIRA, Marília de Fátima Vieira de; CARRARO, Telma Elisa. Cuidado em

Heidegger: uma possibilidade ontológica para a enfermagem. Revista Brasileira

de Enfermagem, v. 64, n. 2, p. 376-380, 2011.

PEIXOTO, Mônica Monteiro; MOURÃO, Anna Carolina das Neves; SERPA

JUNIOR, Octavio Domont de. O encontro com a perspectiva do outro: empatia

na relação entre psiquiatras e pessoas com diagnóstico de esquizofrenia.

Revista Ciência e saúde coletiva, v. 21, n. 3, p. 881-890, 2016.

PESCE, Renata et al. Risco e Proteção: Em Busca de Um Equilíbrio Promotor

de Resiliência. Revista Psicologia: Teoria e Pesquisa. v. 20, n.2, p. 135-143,

PORTELA, Margareth Crisóstomo; LIMA, Sheyla Maria Lemos; MARTINS,

Mônica; TRAVASSOS, Claudia. Ciência da Melhoria do Cuidado de Saúde:

bases conceituais e teóricas para a sua aplicação na melhoria do cuidado de

saúde. Caderno de Saúde Pública. v.32, n. 2, p. 105815, 2016.

SILVA Francisco Airton Bastos; MARTINS Silva. O eu e o outro- estudo teórico

contemporâneo acerca da alteridade como campo dinâmico do ser e fazer

antropológicos. Trabalho apresentado na 31ª Reunião Brasileira de

Antropologia. Brasília. 2018.

SORDI, Anne; MANFRO, Gisele; HAUCK, Simone. O Conceito de Resiliência:

Diferentes Olhares. Revista brasileira psicoterapia, v. 13, n. 2, p.115-132, 2011.

TEIXEIRA, Luan; SANTANA, Lídia. Um olhar sobre a resiliência na visão de

gestores e colaboradores. Revista de Iniciação Científica, RIC Cairu v. 2, p.

-32, 2015.

VASCONCELLOS, Eduardo Mourão; WEINGARTEN, Richard; LEME, Carla

Cavalcante Paes; NOVAES, Patrícia Ramos. Reinventando a vida: Narrativas

de recuperação e convivência com o transtorno mental. São Paulo: Hucitec;

VASCONCELOS, Eduardo Mourão (coord.) Cartilha de ajuda e suporte mútuos

em saúde mental: para participantes de grupos. Rio de Janeiro : Escola do

Serviço Social da UFRJ; Brasília: Ministério da Saúde, Fundo Nacional de

Saúde, 2013.