NOTA DE REPÚDIO AO DESMONTE DA POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE MENTAL DO SUS

Conteúdo do artigo principal

Grupo de Pesquisas em Políticas de Saúde / Saúde Mental, Universidade Federal de Santa Catarina UFSC
Núcleo de Humanização, Arte e Saúde Nuhas/UFSC
Rede Recovery Brasil RB

Resumo

Contra a privatização do SUS, o desmonte da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), a extinção dos CAPS e a volta ao modelo manicomial.
Contra a gestão antidemocrática e o aparelhamento corporativo do Ministério da Saúde.


Grupo de Pesquisas em Políticas de Saúde / Saúde Mental, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Núcleo de Humanização, Arte e Saúde – Nuhas/UFSC
Rede Recovery Brasil

Detalhes do artigo

Como Citar
UFSC , Grupo de Pesquisas em Políticas de Saúde / Saúde Mental, Universidade Federal de Santa Catarina; NUHAS/UFSC, Núcleo de Humanização, Arte e Saúde; RB, Rede Recovery Brasil. NOTA DE REPÚDIO AO DESMONTE DA POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE MENTAL DO SUS. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 12, n. 33, 2020. DOI: 10.5007/cbsm.v12i33.78882. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/78882. Acesso em: 19 jun. 2024.
Seção
Em defesa da Política Nacional de Saúde Mental do SUS e da RAPS