A Rentabilidade da TAM no Contexto de Elevação do Preço do Barril de Petróleo

Antonio Nunes Pereira, Roniere Batista Ferreira, Machado Lúcia Vandresa

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2175-8069.2008v5n10p129

Recentemente o barril de petróleo superou a barreira dos US$ 100,00 e seus impactos podem ser observados nos resultados do setor aéreo mundial através da mídia. O presente estudo objetiva avaliar até que ponto o aumento internacional do preço do barril de petróleo impactou a rentabilidade da Transportes Aéreos Marília S.A (TAM S.A), empresa brasileira líder do setor aéreo no Brasil. A pesquisa explora o contexto da aviação civil na abordagem metodológica do estudo de caso nos moldes de Yin (2005) com Métodos DuPont e regressão linear simples, no período de 2001 a 2006. Foram utilizados com ênfase os documentos virtuais da empresa, no portal da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O estudo procura falsear a ausência de relação do aumento do preço do barril de petróleo e a rentabilidade. Aparentemente há evidências que sinalizam a influência do barril de petróleo no ROA, ROE, Custo de Bens e Serviços Prestados, Receita Operacional e Lucro Líquido da TAM, principalmente em bases trimestrais com significância de 5% (valor p < 0,05). Recomenda-se a ampliação do estudo para empresas de menor porte em âmbito nacional, bem como análises comparativas com operadores internacionais.


Palavras-chave


Rentabilidade; Setor de aviação civil; Preço do barril de petróleo; Profitability; Civil aviation sector; Petroleum barrel price

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8069.2008v5n10p129



Locations of visitors to this page

Revista Contemporânea de Contabilidade, Florianópolis, Brasil. ISSN (impresso)1807-1821 - ISSN (eletrônico) 2175-8069