Influências da remuneração de executivos na congruência de metas

Autores

  • José Carlos Tiomatsu Oyadomari Universidade Presbisteriana Mackenzie - São Paulo - SP
  • Ana Maria Roux Valentini Coelho Cesar UPM - São Paulo - SP
  • Eliane Ferreira de Souza UPM - São Paulo - SP
  • Magda Aline de Oliveira UPM - São Paulo - SP

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8069.2009v6n12p53

Palavras-chave:

Remuneração variável, Congruência de metas, Contabilidade gerencial

Resumo

Na busca por desempenho econômico superior as pessoas são vistas como fonte de vantagem competitiva e, como tal, geradoras de valor para o negócio à medida que cumprem as metas necessárias para o bom desempenho da organização. Ocorre que, muitas vezes, as metas pessoais não estão em consonância com as metas organizacionais, provocando a não congruência de metas, a qual se agrava quando há uma política de remuneração variável que estimule essa não congruência. Como esta questão tem sido pouco estudada no Brasil, este estudo tem o objetivo de identificar quais são as práticas de remuneração variável adotadas pelas empresas e como as metas de remuneração estão atreladas às metas oriundas do Sistema de Controle Gerencial e, também, se há congruência entre as metas individuais e organizacionais. O estudo foi desenvolvido junto a 21 empresas de grande porte, a maioria pertencente ao ranking dos 200 maiores grupos econômicos do Brasil, feito pelo Valor Econômico. Os resultados obtidos sugerem que: 1) a remuneração variável, com metas individuais, está associada ao alcance das metas organizacionais; 2) as práticas adotadas pelo mercado para a remuneração variável têm peso diferenciado em termos de influência sobre o comportamento do gestor; 3) o conflito de agência pode se apresentar se as metas individuais não foram associadas às metas globais da organização; 4) o sistema de remuneração variável tem um efeito motivador na busca por desempenho. Uma questão crítica reside na fixação das metas, uma vez que a remuneração variável tem um peso importante na remuneração total.

Biografia do Autor

José Carlos Tiomatsu Oyadomari, Universidade Presbisteriana Mackenzie - São Paulo - SP

Atua como professor assistente associado da Universidade Presbiteriana Mackenzie, e também como professor do curso de graduação do Ibmec São Paulo. Doutor e Mestre em Ciências Contábeis pela FEA/USP. Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Mackenzie. Área de pesquisa: Relacionamentos do desenho e uso do sistema de controle gerencial e teorias da estratégia; Práticas de contabilidade gerencial sob as óticas da teoria institucional e da contingência. Experiência acadêmica desde 1995 em cursos de educação executiva e experiência empresarial desde 1986 com trabalhos desenvolvidos em auditoria (Ernst & Young) e consultoria em empresas de diversos segmentos.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Ana Maria Roux Valentini Coelho Cesar, UPM - São Paulo - SP

Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1975), mestrado em Administração pela FEA - Universidade de São Paulo (2000) e doutorado em Administração pela FEA - Universidade de São Paulo (2004). É professora pesquisadora, em regime de período integral, na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Tem experiência profissional na área de Administração, com ênfase na área de Recursos Humanos. Desenvolve pesquisas relacionadas aos seguintes temas: 1. Performance empresarial: Mensuração e gestão do Capital Humano. 2. Processo decisório em ambientes de informação contábil; 3. Perfil dos usuários e dos contadores e seu relacionamento com a informação contábil. Participa como pesquisadora do NECO - Núcleo de Estudos em Controladoria da CCSA - Universidade Presbiteriana Mackenzie.Atuou nas lideranças de projetos de pesquisa subvencionado pelo Fundo Mackenzie de Pesquisa - MackPesquisa. Tem trabalhos publicados em periódicos e anais de congressos nacionais e internacionais da área de Gestão e de Contabilidade, é co-autora de livro.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Downloads

Publicado

2010-02-04

Edição

Seção

Artigos