Convergência contábil e rentabilidade de fundos de investimentos em ações

Kamyr Gomes de Souza, Rodrigo Fernandes Malaquias, Ilírio José Rech, Mayane Jacqueline Gonçalves de Melo

Resumo


Os fundos de investimento têm se tornado uma opção acessível e com expressiva participação no mercado financeiro, até mesmo para pequenos investidores. A literatura aponta alguns fatores que afetam sua rentabilidade, geralmente relacionados à estrutura do fundo e ao portfólio escolhido pelos gestores. Além disso, as recentes alterações nos padrões contábeis brasileiros podem ter também afetado a rentabilidade dos fundos, a partir da postulada melhoria na qualidade da informação e consequente redução na assimetria informacional. Neste contexto, o objetivo do presente estudo foi analisar a relação entre a adoção das IFRS pelas empresas abertas e a rentabilidade dos fundos de ações brasileiros. Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem quantitativa, realizada por meio de uma pesquisa documental. Utilizou-se uma amostra de fundos de investimento em ações do tipo Sustentabilidade/Governança e de 27 empresas de capital aberto, das quais 9 realizaram a adoção voluntária ao padrão contábil internacional no ano de 2008. O período analisado foi de Janeiro de 2007 a Setembro de 2013. Os resultados da pesquisa não se mostraram alinhados às hipóteses iniciais, pois houve maior correlação da rentabilidade dos fundos com a rentabilidade das ações das empresas antes da adoção obrigatória, ou seja, quando elas não adotavam as normas IFRS.

Palavras-chave


IFRS; Fundos de investimento; Rentabilidade

Texto completo:

PDF

Referências


ADMATI, A. R.; ROSS, S. A. Measuring investment performance in a rational expectations equilibrium model. The Journal of Business, v. 58, n. 1, p. 1-26, 1985. http://dx.doi.org/10.1086/296280

AMIN, G. S.; KAT, H. M. Hedge Fund Performance 1990-2000: Do the “Money Machines” Really Add Value? Journal of Financial and Quantitative Analysis, v. 38, n. 2, p. 251-274, 2003. doi: 10.2307/4126750

ANBIMA - Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais. Classificação de Fundos: Visão Geral e Nova Estrutura. 13/04/2015. Disponível em: http://www.anbima.com.br. Acesso em 09 out 2017.

ARMSTRONG, C. S., BARTH, M. E., JAGOLINZER, A. D., RIEDL, E. J. Market Reaction to the Adoption of IFRS in Europe. The Accounting Review, v. 85, n. 1, p. 31-61, 2010.

ASSAF NETO, A. Finanças Corporativas. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

BEUREN, I. M. Como elaborar trabalhos monográficos em Contabilidade. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

BODIE, Z.; KANE, A.; MARCUS, A. J. Investimentos. 8. ed. Trad.: Suely S. M. Cuccio. Porto Alegre: AMGH, 2010.

BM&FBOVESPA. Índice Bovespa (Ibovespa). Disponível em: . Acesso em 20 abr. 2016.

BRASIL. Lei nº 11.638, de 28 de dezembro de 2007. Altera e revoga dispositivos da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e da Lei nº 6.385, de 7 de dezembro de 1976, e estende às sociedades de grande porte disposições relativas à elaboração e divulgação de demonstrações financeiras. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, DF, v. 134, n. 249-A, 28 dez. 2007. Seção 1- Edição Extra.

CAMILO, O. C. Fluxo de Recursos e Desempenho Passado: Um Estudo sobre o Comportamento do Investidor de Fundos de Ações. 2012. Dissertação (Mestrado em Economia) Escola de Economia de São Paulo. 2012.

CARVALHO, V. G.; SILVA, J. J.; SILVA, C. A. T. Divulgação da Informação Contábil: Influência nas Decisões de Investimentos em Ações. ReCont: Registro Contábil, v. 4, n. 2, p. 36-54, 2013.

CERVO, A. L; BERVIAN, P. A. Metodologia Científica. 4. ed. São Paulo: MAKRON Books, 1996.

CVM - Comissão de Valores Mobiliário. Instrução Normativa nº 555, de 17 de dezembro de 2014. Disponível em: . Acesso em: 9 out. 2017.

. Instrução Normativa nº 457, de 13 de julho de 2007. Disponível em: . Acesso em: 3 maio. 2014.

DASKE, H. et al. Mandatory IFRS reporting around the world: early evidence on the economic consequences. Journal of Accounting Research, v. 46, n. 5, p. 1085–1142, 2008. doi: 10.1111/j.1475-679X.2008.00306.x

GRECCO, M. C. P., et al. Percepção dos profissionais brasileiros com relação ao processo de convergência contábil às normas internacionais. Revista Enfoque: Reflexão Contábil, v. 32, n. 3, p. 111-128, 2013. doi: 10.4025/enfoque.v32i3.17587

GROMB, D.; VAYANOS, D. Equilibrium and Welfare in Markets With Financially Constrained Arbitrageurs. Journal of Financial Economics, v. 66, n. 2-3, p. 361-407, 2002. doi: 10.1016/S0304-405X(02)00228-3

JENSEN, M. C.; MECKLING, W. H. Teoria da firma: comportamento dos administradores, custos de agência e estrutura de propriedade. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 48, n. 2, p. 87-125, 2008.

FONSECA, N.F., BRESSAN, A. A., IQUIAPAZA, R. A., GUERRA, J. P. Análise do Desempenho Recente de Fundos de Investimento no Brasil. Contabilidade Vista & Revista, v. 18, n. 1, p. 95-116, jan./mar, 2007.

LHABITANT, F. S. On Swiss Timing and Selectivity: in the quest of Alpha. FAME Research Paper Series. Research Paper nº 27, June, 2001.

LI, H.; ZHANG, X.; ZHAO, R. Investing in Talents: Manager Characteristics and Hedge Fund Performances. Journal of Financial and Quantitative Analysis, v. 46, n. 1, p. 59-82, Feb, 2011. doi: 10.1017/S0022109010000748

LIMA, V. S. et al. Convergência Contábil e Custo de Capital Próprio: evidências em um Mercado Emergente. Encontro da ANPAD, 34. Rio de Janeiro, 25 a 29 de Setembro de 2010. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2010.

LIMA, J. B. N. A relevância da informação contábil e o processo de convergência para as normas IFRS no Brasil. 2011. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade: Contabilidade) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

LOPES, A. B.; ALENCAR, R. C. Disclosure and cost of equity capital in emerging markets: the Brazilian case. The International Journal of Accounting, v. 45, n. 4, p. 443-464, 2010. doi: 10.1016/j.intacc.2010.09.003

MALAQUIAS, R. F.; EID JR., W. Eficiência de Mercado e Desempenho de Fundos Multimercados. Revista Brasileira de Finanças, v. 11, n. 1, p. 119-142, 2013.

MARKOWITZ, H. Portfolio Selection. Journal of Finance, v. 7, n. 1, p. 77- 91, mar. 1952. doi: 10.1111/j.1540-6261.1952.tb01525.x

MARTINS, O. S.; PAULO, E. Reflexo da adoção das IFRS na análise de desempenho das companhias de capital aberto no Brasil. RCO – Revista de Contabilidade e Organizações – FEA-RP/USP, v. 4, n. 9, p. 30-54, mai-ago 2010. doi: 10.11606/rco.v4i9.34766

PRADO, T. A. R. Os impactos da primeira adoção das normas IFRS nas demonstrações contábeis das companhias abertas brasileiras. 2013. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.

RANCIARO NETO, A. Utilizando a teoria de matriz aleatória para a análise de correlações em fundos de investimentos brasileiros. ReCont: Registro Contábil, v. 3, n. 2, p. 134-148, 2012.

REZENDE, C. V.; ALMEIDA, N. S.; LEMES, S. Impacto das IFRS na assimetria de informação evidenciada no mercado de capitais brasileiro. Seminários em Administração – SEMEAD, 15. 04 a 05 de Outubro de 2012. Anais... São Paulo: FEA/USP, 2012.

RIBEIRO, R. B.; CARLESSO NETO, O.; LEMES, S.; TAVARES, M. Impactos da adoção das IFRS nas empresas brasileiras pertencentes ao Índice Brasil: uma avaliação por meio dos métodos de kruskall – wallis e cluster analysis. ReCont: Registro Contábil, v. 4, n. 3, p. 71-88, 2013.

RICHARDSON, J. et al. Pesquisa Social. 3. ed. Atlas, São Paulo, 2011.

SARLO NETO, A. Relação entre a estrutura de propriedade e a informatividade dos lucros contábeis no mercado brasileiro. 2009. 189 f. Tese (Doutorado em Contabilidade) – Programa de Pós-Graduação em Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

SCOTT, W. R. Financial Accounting Theory. 5. ed. Toronto: Pearson, 2009.

SILVA, R. F. M.; CARMONA, C. U. M.; LAGIOIA, U. C. T. A Relação entre o Risco e as Práticas de Governança Corporativa Diferenciada no Mercado Brasileiro de Ações: uma abordagem sob a égide da teoria dos portfólios de Markowitz. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 13, n. 39, p. 175-192, 2011.

SILVA, P. C.; WEFFORT, E. F. J.; PETERS, M. R. S.; CIA, J. N. S. Impacto da Adoção das IFRS nas Empresas Brasileiras de Saneamento: a Percepção dos Profissionais do Setor. Contabilidade Vista & Revista, v. 21, n. 2, p. 69-94, 2010.

SILVA, R. L. M.; LOPES, A. B. Demonstrações Contábeis no Brasil após Adoção do CPC 13: reação do mercado de ações e consequências econômicas. In: Congresso USP de Controladoria e Contabilidade, 12. 26 a 27 de Julho de 2012. Anais... São Paulo: FEA/USP, 2012.

VARGA, G. Índice de Sharpe e outros Indicadores de Performance Aplicados a Fundos de Ações Brasileiros. Revista de Administração Contemporânea, v. 5, n. 3, p. 215-245, 2001. doi: 10.1590/S1415-65552001000300011




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8069.2018v15n34p76



Locations of visitors to this page

Revista Contemporânea de Contabilidade, Florianópolis, Brasil. ISSN (impresso)1807-1821 - ISSN (eletrônico) 2175-8069