Áreas Monetárias Ótimas: desenvolvimentos recentes e perspectivas para os países do MERCOSUL

Daniel Arruda Coronel, Airton Lopes Amorin, Antônio Carvalho Campos

Resumo


Este  artigo  realizou uma  revisão das  contribuições mais  importantes da teoria  das Áreas Monetárias Ótimas  (AMO)  e  veriicou,  à  luz  dessas contribuições, quais as perspectivas para a implantação de tal política no Mercosul. Os  paradigmas  em  torno  da  criação  de  uma Área Monetária Ótima  (AMO), assim como seus principais  resultados,  foram analisados por meio das referências teórico-empíricas do processo de implantação da moeda única da Europa. Nesse contexto, fez-se uma rápida exposição da coordenação macroeconômica em blocos regionais, procurando apontar as contribuições que esse tipo de coordenação vem acarretar ao processo de integração econômica Os resultados do trabalho indicam os principais cus-tos e benefícios de uma AMO no Mercosul, além de apontar os principais obstáculos  para  implementar  políticas monetárias macroeconômicas  em países em desenvolvimento.


Palavras-chave


Área Monetária Ótima; Coordenação Política; Mercosul

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8085.2009v12n2p11

Creative Commons License
Revista Textos de Economia. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN: 2175-8085 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional
> > > > >