Curva de Kuznets ambiental para emissões de CO2: estimativas em uma amostra de países da OCDE 1971-2005

André Luiz Campos de Andrade, Jaqueson Kingeski Galimberti

Resumo


O presente artigo objetiva verificar a existência de uma relação entre o estágio de desenvolvimento em uma amostra de países da OCDE e seus respectivos níveis de emissão de CO2, no período de 1971 a 2005. Para isso, busca identificar a fase no processo de desenvolvimento em que cada país se encontra, dentro do arcabouço da curva de Kuznets ambiental. Os resultados permitiram identificar a fase em que cada país da amostra encontra-se, bem como permitiu classificá-los de acordo com seu desenvolvimento ambiental. A evidência revela que apenas 28% dos países da amostra encontram-se na fase descendente da evolução ambiental, o que permite concluir que os efeitos do processo de aprimoramento tecnológico ambiental ainda não se generalizaram para a maior parte das economias da amostra.


Palavras-chave


Emissões de CO2; Curva de Kusnetz ambiental; Crescimento econômico

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8085.2011v14n1p82

Creative Commons License
Revista Textos de Economia. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN: 2175-8085 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional
> > > > >