O Papel do microcrédito no ambiente local: evidências a partir do programa Banco da Família em Santa Catarina

Lauro Francisco Mattei, Roniel Antonio da Silva

Resumo


Neste artigo são analisados possíveis impactos do microcrédito no ambiente local a partir de um estudo de caso junto ao Banco da Família, localizado na cidade de Lages, estado de Santa Catarina. Inicialmente faz-se um breve debate sobre o surgimento e a expansão do microcrédito no Brasil e no estado de Santa Catarina. Posteriormente descrevem-se as principais instituições de microcrédito que atuam no estado catarinense. A partir de então é apresentado o estudo de caso realizado junto ao Banco da Família, com aplicação de entrevistas com os clientes do referido banco e também com os agentes de crédito. Dentre os principais resultados da pesquisa de campo destacaram-se as melhorias e expansão dos negócios, bem como as contribuições do microcrédito para a melhoria da qualidade de vida. Além disso, ficaram evidenciadas também as inter-relações entre os programas de microcrédito e o desenvolvimento local.


Palavras-chave


Microcrédito; Desenvolvimento local; Banco da família

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8085.2018v21n1p125

Creative Commons License
Revista Textos de Economia. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN: 2175-8085 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional
> > > > >