A velha e a nova Economia Comportamental: destaques de uma trajetória

Igor Feitosa Lacôrte Ayroza, Helga Iwamoto, Waldecy Rodrigues

Resumo


No presente trabalho, buscou-se traçar uma trajetória com elementos considerados essenciais na constituição e consolidação da Economia Comportamental como campo teórico e científico: de sua velha escola até a formação da chamada nova escola, sem, no entanto, ambicionar o esgotamento do tema. Entende-se que a compreensão do percurso trilhado pela EC auxiliará e norteará o interessado na temática a assimilar o contexto em que a EC surgiu, conhecer seus precursores, principais conceitos e campos de pesquisa bem como fornecerá indícios de possíveis campos para o desenvolvimento de novas pesquisas. Dentre as contribuições, destacam-se: a o conceito de racionalidade limitada, os conceitos de heurísticas e vieses, a teoria dos dois sistemas, a teoria dos prospectos, bem como a teoria da escolha intertemporal.


Palavras-chave


Economia comportamental; Psicologia econômica; Racionalidade limitada; Dois sistemas

Texto completo:

PDF/A (English)


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8085.2018v21n2p50

Creative Commons License
Revista Textos de Economia. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN: 2175-8085 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional
> > > > >