Estabelecidos e outsiders: trabalhando elementos de história, cultura e sociedade numa obra clássica

Marcelo da Silva Araujo

Resumo


Originalmente escrito como trabalho final de curso de doutorado, este texto busca colaborar para o desvelamento de uma obra seminal sobre violência, dominação simbólica, discriminação e exclusão, articulando três dimensões essenciais (história, cultura e sociedade) dentro da pesquisa em ciências sociais, notadamente da Antropologia e da Sociologia. Não pretendendo ser uma resenha ou sucessão de comentários acerca do clássico, o artigo propõe-se a pensar que conexões e descobertas se podem fazer em um texto cuja contribuição parece ter sido, após 41 anos de sua publicação, escrutinada ao máximo, revelando, com o olhar focado nas referidas dimensões, outros modos de utilizá-lo no trabalho acadêmico.


Palavras-chave


Estabelecidos e Outsiders; Pesquisa e Trabalho Acadêmico; História; Cultura; Sociedade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1980-3532.2015n13p96

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported License.

Em Debat: Rev., ISSNe 1980-3532, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.