Estratificação e classe social sob a ótica weberiana – um breve ensaio

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1806-5023.2021.e74269

Palavras-chave:

Estrutura de classe , Estratificação social , Classe social

Resumo

Este artigo realiza uma ampla discussão da sociologia weberiana que diz respeito à estratificação e classes sociais. Em primeiro lugar, discute-se algumas limitações da “hipótese de Clarke”, ao demonstrar que a teoria de Weber é muito mais rica e complexa do que os estreitos limites do marginalismo econômico permitem. Em segundo lugar, o artigo demonstra pontos de convergência e de divergência entre a teoria de classes de Weber e a de Marx, corroborando para evidenciar a riqueza pensamento weberiano. Derradeiramente, aprofunda-se nos elementos de classe e estratificação social em Weber. As considerações finais reiteram a contribuição do autor para a sociologia e para as ciências sociais, ao reiterar a qualidade da teoria de classes do autor.

Referências

BREEN, R. Foundations of a neo-weberian class analysis. In: WRIGHT, E. O. (Org.) Approaches to Class Analysis. New York: Cambridge University Press, 2005.

BOTTOMORE, T. B. As classes na sociedade moderna. Rio de Janeiro: Zahar, 1968.

BOTTOMORE, T. B. Classes in Modern Society. New York: Vintage Books, 1966.

CLARKE, S. Marx, Marginalism and Modern Sociology – from Adam Smith to Max Weber. London: Macmillan, 1982.

ESTANQUE, E. Classe média e lutas sociais – ensaio sobre sociedade e trabalho em Portugal e no Brasil. Campinas: Unicamp, 2015.

FERNANDES, F. Fundamentos Empíricos da explicação sociológica. São Paulo: Cia. Nacional, 1967.

GERTH, H; MILLS. W. Caráter e estrutura social. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1973.

GERTH, H; MILLS, C. W. Introdução: o homem e sua obra. In: WEBER, M. Ensaios de sociologia. Rio de Janeiro: Zahar, 1971.

GIDDENS, A. A Estrutura de Classes das Sociedades Avançadas. Rio de Janeiro: Zahar, 1975.

HESS, A. Concepts of social stratification – european and american models. Nova York: Palgrave, 2001.

HIRANO, S. Castas, estamentos e classes sociais – introdução ao pensamento de Marx e Weber. São Paulo: Alfa-Omega, 1975.

LITTLEJOHN, J. Estratificação social – uma introdução. Rio de Janeiro: Zahar, 1972.

MILLS, C W. A Nova Classe Média (White Collar). Rio De Janeiro: Zahar, 1969.

TUMIN. M. M. Estratificação social – as formas e funções da desigualdade. São Paulo: Livraria pioneira, 1970.

TURNER, B. S. On the origins of the sociology of social class – introduction. In: TURNER, B. S (Org.). Readings of the sociology of social class. London: Routledge/Thoemmes Press, 1998.

WEBER, M. A “objetividade” do conhecimento nas Ciências Sociais. In: WEBER, M. Sociologia. São Paulo: Ativa, 2003.

WEBER, M. Classe, estamento, partido. In. WEBER, M; Ensaios de Sociologia; GERTH, H. H; MILLS, C. W. (Orgs.). Ensaios de sociologia. Rio de Janeiro: Zahar, 1971.

WEBER, M. Classe, status, partido. In: BERTELLI, A. R; PALMEIRA, M. G. S; VELHO, O. G. (Orgs.). Estrutura de classes e estratificação social. Rio de Janeiro: Zahar, 1976.

WEBER, M. Economy and Society – an outline of interpretive sociology. Berkeley/Los Angeles/London: University of California Press, 1978.

WEBER, M. The vocation lectures. Indianapolis/In. Ed: Hackett Publishing Company. 2004.

WEBER, M. O Estado Nacional e a Política Econômica. In: WEBER, M. Sociologia. São Paulo: Ativa, 2003.

WRIGHT, E. O. The Shadow of Exploitation in Weber’s Class Analysis. In: American Sociological Review, vol 67, n. 6, pp. 832-853. 2002.

Downloads

Publicado

2021-02-10

Edição

Seção

Dossiê