Imagens do camponês na pintura brasileira: o sertanejo de Carlos Chambelland

Autores

  • Arthur Valle Instituto Superior de Educação/ Fundação de Apoio a Escola Técnica

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7976.2008v15n19p77

Palavras-chave:

Carlos Chambeland, Sertanejo, Identidade Cultural Brasileira, Pintura na Primeira República

Resumo

Após uma temporada no Estado de Pernambuco, o pintor e ilustrador fluminense carlos Chambelland (1884 - 1950), julgando ali ter encontrado a própria essência da cultura brasileira, começou a produzir uma s´rie de quadros que figuravam os tipos humanos do sertão nordestino, os seus modos de vida e o seu ambiente. No presente artigo, procurando compreender melhor esses quadros "sertanejos" de Chambelland, analisamos como eles dialogaram com as tendências regionalistas que marcaram as artes plásticas brasileiras desde meados do séculoXIX e se inseriram no debate mais amplo a respeito da identidade cultural brasileira, uma das preocupações proeminentes nos círculos intelectuais da Primeira República.

Downloads

Publicado

2008-03-21

Edição

Seção

Dossiê