Os fatores do desmatamento da Floresta com Araucária: agropecuária, lenha e indústria madeireira

Autores

  • Miguel Mundstock Xavier de Carvalho Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Laranjeiras do Sul

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7976.2011v18n25p32

Palavras-chave:

Floresta com Araucária, Desmatamento, História Ambiental

Resumo

Apesar das alterações significativas ocorridas no clima do sul do Brasil desde o fim da última era glacial, o processo histórico de desmatamento da Floresta com Araucária aconteceu numa velocidade sem precedentes ao longo do século XX. Diferentemente das causas naturais, predominantes nos períodos anteriores, nesse século uma série de transformações econômicas, políticas, sociais e culturais colaboraram para o desmatamento. Neste artigo, o objetivo é fazer uma análise integrada que dê conta das principais causas, ou “fatores” do desmatamento da Floresta com Araucária. Para atingir esse objetivo, são propostos três fatores principais como os responsáveis pelo intenso desmatamento ocorrido no século XX: agropecuária, lenha e indústria madeireira. Essa análise tem a vantagem de evitar as abordagens mais estreitas que acabam focando apenas em aspectos isolados da questão do desmatamento, como a indústria madeireira.

Biografia do Autor

Miguel Mundstock Xavier de Carvalho, Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Laranjeiras do Sul

Graduação, Mestrado e Doutorado em História pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor da Universidade Federal da Fronteira Sul, campus Laranjeiras do Sul, desde janeiro de 2011.

Downloads

Publicado

2011-06-23