A triste vida e época de um informante do FBI e outras considerações sobre a Guerra Fria: entrevista com Daniel Leab

Autores

  • Michelly Cristina da Silva Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7976.2012v19n27p314

Palavras-chave:

Guerra Fria, FBI, Anticomunismo, Matt Cvetic

Resumo

O artigo a seguir apresenta a transcrição da entrevista ao historiador norte-americano Daniel Josef Leab, realizada pela mestranda Michelly Cristina da Silva em novembro de 2011. Na conversa, o professor Leab conta o início de seu interesse por temas relacionados à Guerra Fria e sua pesquisa de longa data sobre o informante do FBI, Matt Cvetic, que nos anos 1940 infiltrou-se no Partido Comunista de Pittsburgh a fim de espionar sua organização e posteriormente delatar seus membros. Autor de um livro sobre o episódio, Leab conta detalhes sobre os intrigantes desmembramentos dessa história, que culminaram, entre outros casos, com uma produção do estúdio da Warner Bros. intitulada Eu Fui um Comunista para FBI.

Biografia do Autor

Michelly Cristina da Silva, Universidade de São Paulo

Graduada em Bacharelado (dezembro/2009) e Licenciatura (julho/2010) em História pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente é aluna membro do Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade de São Paulo (USP), sob orientação do Prof. Dr. Robert Sean Purdy, desenvolvendo pesquisa sobre a representação da União Soviética e do Comunismo em filmes de propaganda norte-americanos durante os anos 1940 e 1950.

Downloads

Publicado

2012-06-09