Associações leigas católicas: novos espaços, práticas religiosas e perspectivas no séc. XX

Autores

  • Edilece Souza Couto Souza Couto UFBA

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7976.2017v24n37p45

Palavras-chave:

Associações leigas, catolicismo, modernização, século XX, Salvador - BA

Resumo

As primeiras décadas do século XX, na Bahia, foram marcadas pelas tentativas de modernização urbana e civilização dos costumes, especialmente na capital. Autoridades políticas e religiosas uniram-se em torno de um projeto de modernização gestado e executado em dois diferentes mandatos do governador José Joaquim Seabra (1912-1916 e 1920-1924). Porém, o recorte temporal foi estendido até 1938 a fim de abarcar algumas mudanças, como a demolição da Igreja da Sé, que, apesar de previstas, só ocorreram na gestão do interventor federal Juracy Magalhães (1931-1937). Nesse contexto, muitas associações leigas foram forçadas a realizar transferências para outras igrejas. Esse artigo trata dos deslocamentos de espaço, as consequentes mudanças nas práticas religiosas dos fiéis e suas perspectivas de continuidade no século XX.

Biografia do Autor

Edilece Souza Couto Souza Couto, UFBA

Professora do Departamento de História da Universidade Federal da Bahia 

Referências

BARBOSA, Manoel de Aquino. Efemérides da freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Praia. Salvador: Beneditina, 1970.

BENJAMIN, Walter. Paris, capital do século XIX. In: KOTdHE, Flávio R. (Org.) Walter Benjamin – Sociologia. São Paulo: Ática, 43, 1985.

BOSCHI, Caio César. Os leigos e o poder: irmandades leigas e política colonizadora em Minas Gerais. São Paulo: Ática, 1986.

CAIGNY, Majolo de. A Paladina do Lar, nº9, Salvador: Typographia Benedictina, 1912.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano. 1. Artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 1998.

COMPROMISSO da Confraria do Senhor Bom Jesus da Cruz. Salvador: Typographia Liberty,1914. Arquivo da Cúria Metropolitana de Salvador - Laboratório Eugênio Veiga – LEV.

COSTA, Ângela M. da; SCHWARCZ, Lilia Moritz. 1890-1914: No tempo das certezas. São Paulo: Companhia das Letras, 2000 (Virando Séculos).

COUTO, Edilece S. “A Bahia não se desnacionaliza”: modernidade, civilidade e permanência dos costumes na Salvador republicana. In: MOURA, Milton (Org.). A larga barra da baía: essa província no contexto do mundo. Salvador: EDUFBA, 2011.

COUTO, Edilece S.. Festas afro-católicas em Salvador, Bahia, Brasil. Revista del CESLA, v. 18, 2015.

DIARIO de Notícias. Egreja matriz de são Pedro. Salvador, 17 abr. 1913. Biblioteca Pública do Estado da Bahia – Seção de Periódicos.

DIARIO de Notícias. Última missa. Salvador, 26 abr. 1913. Biblioteca Pública do Estado da Bahia – Seção de Periódicos.

ELIADE, Mircea. O sagrado e o profano: a essência das religiões. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

MACHADO, Manoel Correia. Relação dos bens existentes na Irmandade de Santa Cecília. Salvador, 28 ago. 1931. Arquivo da Cúria Metropolitana de Salvador - Laboratório Eugênio Veiga – LEV.

OFÍCIO da Irmandade de Nossa Senhora da Conceição Protetora dos Artistas ao bispo capitular. Salvador, 02 abr. 1983. Arquivo da Cúria Metropolitana de Salvador –Laboratório Eugênio Veiga – LEV.

ROSENDAHL, Zeny. Espaço e religião: uma abordagem geográfica. Rio de Janeiro: EdUERJ/NEPEC, 1996.

RUSSEL-WOOD, A. J. R. Fidalgos e filantropos: a Santa Casa da Misericórdia da Bahia, 1550-1755, Brasília: Ed. UnB, 1981; A. Garcez, Ordem Terceira de São Francisco de Assis da Bahia, Salvador: EDUFBA, 2007.

SILVA, Appio. Relatório das irmandades, confrarias e devoções existentes na antiga Igreja da Sé. Salvador, nov. 1938. Arquivo da Cúria Metropolitana de Salvador - Laboratório Eugênio Veiga – LEV.

SILVA, Macânio José da. Ofício da Irmandade de Santa Cecília ao vigário capitular Manoel dos Santos Pereira. Salvador, 17 jun 1891. Laboratório Eugênio Veiga – LEV.

SOUSA, M. Zeferino de. Ofício da Irmandade de Santa Cecília. Salvador, 09 set. 1931, Arquivo da Cúria Metropolitana de Salvador - Laboratório Eugênio Veiga – LEV.

TAVARES, Mauro Dillmann. Irmandades, Igreja e Devoção no Sul do Império do Brasil. São Leopoldo: Oikos, 2008.

TUAN, Yi-Fu. Espaço e lugar: a perspectiva da experiência. São Paulo: DIFEL, 1983.

Downloads

Publicado

2017-10-16