Acertos e desafios de uma perspectiva global da história da infância e das emoções

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7976.2019v26n41p197

Palavras-chave:

História global, Infância, Emoções

Biografia do Autor

Marília Bueno de Araújo Ariza, Universidade de São Paulo - USP

Doutora pelo Programa de Pós Graduação em História Social da USP. com a tese "Mães infames, rebentos venturosos: mulheres e crianças, trabalho e emancipação em São Pauo (século XIX). Mestre pelo mesmo programa. Bacharel e licenciada em História pela USP. 

Autora do livro "O ofício da liberdade: trabalhaodres libertandos em São Paulo e Campinas, 1830-1888", publicado pela Editora Alameda em 2014. 

Interesse nas áreas de história social da escravidão e do trabalho, com ênfase nos temas relacionados à infância, emancipaçao e gênero. 

Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4713616H6

Referências

ARIÉS, Philippe. História social da criança e da família. Rio de Janeiro: LTC, 1918.

COHN, Clarice. Concepções de infância e infâncias: um estado da arte da antropologia da criança no Brasil. Civitas: revista de Ciências Sociais, v. 13, n. 2, p. 221-244, 2013.

FLANDRIN, Jean-Louis. Enfance et societé: note critique. Annales, v. 19, n. 2, p. 322-329, 1964. Disponível em: https://www.persee.fr/doc/ahess_0395-2649_1964_num_19_2_421149. Acesso em: 15 nov. 2018.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Petrópolis: Vozes, 1977.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade. Rio de Janeiro: Graal, 1985.

GREW, Raymond. On seeking global history’s inner child. Journal of Social History, Oxford, v. 38, n. 4, p. 849-858, 2005.

HARDMANN, Charlotte. Can there be an anthropology of children? Childhood, v. 8, n. 4, p. 501-517, 2001.

HEYWOOD, Colin. Uma história da infância: da Idade Média à Época Contemporânea no Ocidente. Porto Alegre: Artmed, 2004.

JAMES, A.; PROUT, A (orgs). Constructing and reconstructing childhood: contemporary issues in the sociological study of childhood. Londres: The Palmer Press, 1990.

KHULMANN JR., Moysés; FERNANDES, Rogério. Sobre a história da infância. In: FARIA FILHO, Luciano Mendes (org.). A infância e sua educação: materiais, práticas e representações. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

REDDY, William M. Against Constructionism: the historical ethnography of emotions. Current Anthropology, v. 38, n. 2, p. 327-351, 1997.

ROSENWEIN, Barbara. Worrying about emotions in history. American Historical Review, v. 107, n. 3, p. 821-845, 2002.

RIZZINI, Irene. O século perdido: raízes históricas das políticas públicas para a infância no Brasil. Rio de Janeiro: Editora Santa Úrsula; São Paulo: Cortez, 2008.

STEARNS, Peter N; STEARNS, Carol Z. Clarifying the history of emotions and emotional standards. American Historical Review, v. 90, n. 4, p. 813-836, 1985.

Downloads

Publicado

2019-01-30

Edição

Seção

Resenha