Missões da Companhia de Jesus na Índia: uma leitura sobre o período de Francisco Xavier (1542-1552)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7976.2019v26n42p333

Resumo

Este artigo trata da trajetória e do trabalho do padre Francisco Xavier, primeiro jesuíta a chegar à Índia sob as missões do Padroado Português. O objetivo do texto é apresentar estratégias e ações capitaneadas por Xavier no Oriente, mostrando que tais ações, comunicadas por cartas aos demais membros da Companhia de Jesus, influenciaram a formação dos métodos gerais de trabalho da nascente ordem. As fontes usadas são as Obras completas de São Francisco Xavier, organizadas pelo jesuíta Francisco de Sales Baptista. O recorte temporal abrange o período entre 1542, com a chegada de Xavier a Goa, até 1552, ano de sua morte. Concluímos que aquilo que, no período delimitado, Xavier pôs em prática foi, consequentemente, acompanhado por seus seguidores, bem como lido e praticado por outros tantos membros da Companhia de Jesus em outras missões.

Biografia do Autor

Felipe Augusto Fernandes Borges, Instituto Federal do Paraná

Doutor em História (UEM, 2018). Professor do Instituto Federal do Paraná, Campus Pitanga. Participa dos grupos de pesquisa: Laboratório de Estudos do Império Português (LEIP) e Educação, História e Cultura Brasileira: séculos XVI, XVII e XVIII (DEHSCUBRA).Lattes: http://lattes.cnpq.br/3726142798236765 

Célio Juvenal Costa, Universidade Estadual de Maringá

Doutor em Educação. Professor do Departamento de Fundamentos da Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) da Universidade Estadual de Maringá. Líder do grupo de pesquisa Laboratório de Estudos do Império Português (LEIP) e participante do grupo de pesquisa Educação, História e Cultura Brasileira: séculos XVI, XVII e XVIII (DEHSCUBRA).Lattes: http://lattes.cnpq.br/2010934096045670

Sezinando Luiz Menezes, Universidade Estadual de Maringá

Doutor em História. Professor do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em História (Mestrado e Doutorado) da Universidade Estadual de Maringá. Líder do grupo de pesquisa Laboratório de Estudos do Império Português (LEIP) e participante do grupo de pesquisa Educação, História e Cultura Brasileira: séculos XVI, XVII e XVIII (DEHSCUBRA).Lattes: http://lattes.cnpq.br/4766535117564758

Referências

ASSUNÇÃO, Paulo de. Negócios jesuíticos: o cotidiano da administração dos bens divinos. São Paulo: EDUSP, 2004.

BITTAR, Marisa; FERREIRA JÚNIOR, Amarílio. Infância, catequese e aculturação no Brasil do século 16. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 81, n. 199, p. 452-463, set./dez. 2000. Disponível em: http://rbep.inep.gov.br/index.php/rbep/article/view/960/934. Acesso em: 21 jun. 2014.

BORGES, Felipe Augusto Fernandes. Educação e catequese: missionários religiosos a serviço de Portugal no Estado da Índia (1499 a 1552). 2015. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2015.

BOXER, Charles Ralph. A Igreja e a expansão ibérica (1440-1770). 6ª ed. Lisboa: Edições 70, 2013.

BOXER, Charles Ralph. O Império marítimo português (1415-1825). São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

COSTA, Célio Juvenal. A racionalidade jesuítica em tempos de arredondamento do mundo: o Império português (1540-1599). 2004. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba, 2004.

ETAPAS da vida de Xavier. In: São Francisco Xavier: 450 anos de sua morte (1552-2002). Braga: Editorial A.O., 2002.

LODOÑO, Fernando Torres. Escrevendo cartas: jesuítas, escrita e missão no século XVI. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 22, n. 43, p. 11-32, 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbh/v22n43/10908.pdf. Acesso em: 14 jul. 2014.

MANSO, Maria de Deus Beites. A Companhia de Jesus na Índia (1542-1622): Actividades religiosas, poderes e contactos culturais. Évora: Universidade de Évora; Macau: Universidade de Macau, 2009.

MANSO, Maria de Deus Beites. Contexto histórico-cultural das missões na Índia: séc. XVI-XVII. História Unisinos, São Leopoldo, v. 15, n. 3, p. 406-416, set./dez. 2011. Disponível em: http://revistas.unisinos.br/index.php/historia/article/view/htu.2011.153.08/608. Acesso em: 20 jan. 2015.

MANSO, Maria de Deus Beites. Convergências e divergências: o ensino nos colégios jesuítas de Goa e Cochim durante os séculos XVI-XVII. In: CAROLINO, L. M.; CAMENIETZKI, C. Z. (coord.). Jesuítas, ensino e ciência: sécs. XVI-XVIII. Lisboa: Ed. Caleidoscópio, 2005. p. 163-181.

MANSO, Maria de Deus Beites. Os colégios jesuítas de Goa e Cochim: séculos XVI-XVIII. In: NICPRI.UE – Núcleo de Investigação em Ciência Política e Relações Internacionais – Publicações de Carácter Pedagógico. [S.l]: Universidade de Macau, 2010. Disponível em: http://dspace.uevora.pt/rdpc/handle/10174/3445. Acesso em: nov. 2016.

MANSO, Maria de Deus Beites; SEABRA, Leonor. Ensino e missão jesuíta no Oriente. [S.l.]: Editora Universitária UFPE, 2012. Disponível em: http://hdl.handle.net/10174/8852. Acesso em: nov. 2016.

PAIVA, José Maria de. Colonização e catequese. São Paulo: Arké, 2006.

PÉCORA, Alcir. Epistolografia jesuítica no Brasil, Grão-Pará e Maranhão. Revista Estudos Amazônicos, Belém, v. III, n. 1, p. 39-46, 2008. Disponível em:

www.ufpa.br/historia/Pecora_Cardoso.pdf. Acesso em: dez. 2016.

SOUZA, Teotónio R. de. O ensino e a missionação jesuíta na Índia. In: GONÇALVES, Nuno da Silva. A Companhia de Jesus e a missionação no Oriente: Actas do Colóquio Internacional promovido pela Fundação Oriente e pela Revista Brotéria. Lisboa: Brotéria – Revista de Cultura & Fundação Oriente, 2000. p. 117-132.

TAVARES, Célia Cristina da Silva. Francisco Xavier e o Colégio de Goa. Revista Em Aberto, Brasília, v. 21, n. 78, p. 121-134, dez. 2007. Disponível em: http://emaberto.inep.gov.br/index.php/emaberto/article/view/2213/2182. Acesso em: fev. 2016.

TAVARES, Célia Cristina da Silva. Jesuítas e inquisidores em Goa: a cristandade insular (1540-1682). Lisboa: Roma Editora, 2004.

THOMAZ, Luís Filipe. De Ceuta a Timor. 2. ed. Lisboa: Difel, 1994.

XAVIER, São Francisco. Obras completas. Tradução de Francisco de Sales Baptista, S. J. São Paulo: Edições Loyola; Braga: Editorial A.O., 2006.

Downloads

Publicado

2019-07-16

Edição

Seção

Artigo