Persuadir para migrar: a atuação das companhias colonizadoras

Autores

  • Eunice Sueli Nodari Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

Migração, Descendentes alemães e italianos, Oeste de Santa Catarina, Propaganda

Resumo

O Oeste de Santa Catarina passou por um processo de construção sociocultural e econômico, com a chegada dos descendentes de alemães e italianos, que migraram do Rio Grande do Sul, no periodo compreendido entre 1917 e 1960. Esses dois grupos étinicos foram os mais representativos, pois como foram escolhidos pelas companhias colonizadoras e pelo governo estadual como colonos ideais, o processo de atração recaiu nas vilas e cidades onde eles moravam. Este artigo tem como objetivo discutir os métodos utlizados pelas companhias colonizadoras para a atração desses migrantes e a motivações que levaram essas pessoas a optarem pelo Oeste e a sua fixação regional.

Downloads

Publicado

2002-01-01

Edição

Seção

Dossiê