Lidas novamente... A escrita epistolar como prática do governo colonial

Autores

  • Adriana Angelita da Conceição UFSC

Palavras-chave:

Epistolografia, governo colonial, sociedade de corte

Resumo

O uso de cartas para o estudo da história e em particular, do episódio de invasão a ilha de Santa Catarina, no século XVIII, pelos espanhóis, nada tem de inédito. o que os atuais debates historiográficos nos permitem perceber nessas cartas é a prática da escrita que gerenciou todo o governo colonial, no ir e vir de cartas de um lado a outro do Atântico. O artigo aqui apresentado remexeu nos baús e interrogou o passado com outros pressupostos, produzindo assim significados diferentes dos que até agora tinham sido atribuídos e pensando a escrita epistolar nas práticas de governo.

Downloads

Publicado

2007-11-13

Edição

Seção

Artigo