Colonização e Identidade: O caso da Maripá

Marcos Nestor Stein

Resumo


A partir da década de 1940, a região do Extremo Oeste do estado do Paraná foi palco de uma ocupação planejada e executada por uma empresa privada. Esse empreendimento tinha um caráter étnico-cultural-econômico que consistia na venda dos lotes somente para determinados grupos étnicos, no caso os descendentes de imigrantes italianos e alemães. Para tanto, elaborou-se um Plano de Ação, documento que descrevia os objetivos da referida empresa, procurando legitimar a escolha deste grupo humano.

Palavras-chave


Colonização; Identidade; Discurso

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2019 Marcos Nestor Stein

Esboços: histórias em contextos globais - ISSN da versão impressa 1414-722x (cessou em 2008) e ISSN eletrônico 2175-7976 - Florianópolis - SC - Brasil