Do prisma de arendt: variações em torno do poder

Lucilia Nunes

Resumo


Traçamos a delimitação conceptual que Hannak Arendt estabelece entre potência (strenght, puissance), força (force), poder (power, pouvoir), autoridade e violência - que são palavras indicadoras dos meios que os homens usam para dominar os homens e tomam-se erradamente como sinônimos por se entender que têm a mesma função. Tal se enquadra no problema político fundamental, ou seja, a condução dos assuntos públicos.


Palavras-chave


Hannah Arendt; Poder; Política

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1677-2954.2008v7n2p165

 

 

 

 

 

ethic@. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1677-2954

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a  Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional