Preservação de valor: indivíduos e espécies

Autores

  • Rosane Maria Mota

DOI:

https://doi.org/10.5007/1677-2954.2008v7n3p71

Palavras-chave:

Espécie, Indivíduo, Bem inerente, Bem próprio, Altruísmo biológico, Meta representacional

Resumo

O objetivo principal deste artigo é apresentar a proposta de Nicholas Agar para uma ética não-antropocêntrica. Essa perspectiva visa a preservação das espécies, cujos agentes morais devem levar em conta certo tipo de consideração a organismos individuais, concepção que o autor defende como alternativa aos argumentos individualistas de Peter Singer, Tom Regan e Paul Taylor, além de confrontá-la com a concepção de respeito pela natureza de Taylor, destacando o alcance e os limites de sua crítica.

Downloads

Publicado

2012-05-18

Edição

Seção

Artigos