Contribuições de Wittgenstein para uma reflexão filosófica sobre a tecnologia

Autores

  • Geraldo Dôres Armendane Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

DOI:

https://doi.org/10.5007/1677-2954.2016v15n2p231

Palavras-chave:

Tecnológica, Ciência, Wittgenstein, Filosofia da Linguagem

Resumo

Este artigo discute o pessimismo cultural de Wittgenstein diante do progresso da civilização tenocientífica ocidental na primeira metade do século XX, bem como as contribuições do pensador austríaco para uma reflexão filosófica sobre a tecnologia. Mostraremos também que a posição filosófica de Wittgenstein foi de profunda e intensa atividade do pensamento e da linguagem. O texto divide-se em três partes: a primeira apresenta o pessimismo cultural de Wittgenstein diante do progresso da civilização tecnológica; a segunda mostra a relação de Wittgenstein com ciência e sua forte oposição à ideologia cientificista; a terceira apresenta a filosofia do segundo Wittgenstein como terapia para problemas da crise da civilização tecnológica. Por fim, concluímos mostrando que a filosofia de Wittgenstein dispensa o uso de “escada” no enfretamento dos problemas no mundo contemporâneo.

Biografia do Autor

Geraldo Dôres Armendane, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí - IFPI; Doutorando em Filosofia pela Universidde Federal de Santa Catarina - UFSC; Mestre em Filosofia pela Universidade Federal do Piauí - UFPI; Graduação em Filosofia pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia - FAJE

Referências

ALMEIDA, João José R. L de. A Singularidade das Investigações Filosóficas de Wittgenstein: Fisionomia do texto. Campinas/SP: Editora UNICAMP, 2015.

DEANGELIS, Willian James. Ludwig Wittgenstein – A cultural Point of view: Philosophy in the Darkness of this time. Burlington/USA: Ashgate Publishing Company, 2007.

GLOCK, Hans J. Dicionário Wittgenstein. Trad. Helena Martins. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

HALLER, Rodolf. Wittgenstein e a filosofia austríaca: questões. São Paulo: Edusp, 1990.

JANIK, Allan; TOULMIN, Stephen. La Viena de Wittgenstein. Trad. Ignacio Gomez Liaño. Madrid/España. Editora Taurus, 1998.

MONK, Ray. Wittgenstein: o dever do gênio. Trad. Carlos Afonso Malferrari. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

PERLOFF, M. A Escada de Wittgenstein: a Linguagem Poética e o Estranhamento do Cotidiano. Trad. Elizabeth Rocha Leite & Aurora Fornoni Bernardini. São Paulo: EDUSC, 2008.

SPENGLER, Oswald. A Decadência do Ocidente (Esboço de uma morfologia da história). Trad. Herbert Caro.

VOLPI, Franco. O Niilismo. Trad. Aldo Vannucchi. São Paulo: Loyola, 1999.

WHITEHEAD, A. N. A função da razão. Trad. Fernando Dídimo Vieira. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1985.

WITTGENSTEIN, Ludwig. Tractatus Logico-philosophicus. Introdução de Bertrand Russell. Trad. Luís Henrique dos Santos. São Paulo: Edusp, 1994.

______. Investigações Filosóficas. Trad. Marco G. Montagnoli. Petrópolis: Vozes, 1994.

______. Cultura e valor. Biblioteca de Filosofia Contemporânea. Trad. Jorge Mendes. Lisboa: Edições 70, 2000.

______. Luz e sombras: uma experiência (onírica) noturna e um fragmento de carta. SOMAVILLA, Ilse (Ed.). Trad. Edgar da Rocha Marques. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

______. Observações Filosóficas. Trad. Adail Sobral e Maria Stela Gonçalves. São Paulo: Loyola, 2005.

Downloads

Publicado

2016-12-17

Edição

Seção

Artigos