O feminismo universalista de Martha Nussbaum

Autores

  • Maria de Lourdes Borges Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, S. C.

DOI:

https://doi.org/10.5007/1677-2954.2018v17n2p205

Palavras-chave:

Feminismo, Nussbaum, Capabilidade

Resumo

Nesse artigo, eu pretendo a apresentar a defesa que a filósofa Martha Nussbaum faz do liberalismo político, compreendido como a tradição liberal iluminista que vai de Kant a Rawls. Muitas feministas têm objetado que a concepção liberal da natureza humana e de filosofia política não se pode constituir num fundamento adequado para uma teoria da libertação das mulheres. Nussbaum contesta esta visão, mostrando que o liberalismo oferece conceitos universais, que são valores essenciais para o movimento feminista e para a luta das mulheres, tais como a noção de pessoa, auto-respeito, capacidade de escolha e igual consideração do valor e dignidade dos seres humanos. Além disso, os movimentos feministas atualmente utilizam estes conceitos para fundamentar suas reivindicações. Ao final, apresentarei a noção de capability, mostrando como esse conceito responde às críticas ao feminismo universalista.

Biografia do Autor

Maria de Lourdes Borges, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, S. C.

Possui graduação em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1984), especialização em DEA Philosophie pela Université Paris 1 (Panthéon-Sorbonne) (1991), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1990) , doutorado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1996) , pós-doutorado pela University of Pennsylvania (2000) e pós-doutorado pela Humboldt-Universitat zu Berlin (2007) . Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal de Santa Catarina e Secretária de Cultura e Arte da UFSC da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Filosofia , com ênfase em Ética.

Referências

Referências:

Jaggar, A. Feminist Politics and Human Nature.Totowa, NJ: Rowman and Allanheld,1983.

Noddings, Nel. Caring: A Feminine Approach to Ethics and Moral Education. Berkeley: University of California Press,1984.

Nussbaum, M. ”The feminist Critique of Liberalism”. In: Sex and Social Justice Oxford/New York: Oxford University Press, 1999.

Nussbaum, M. “In Defense of Universal Values”. In: Sterba, J. Controversies in Feminism. Oxford: Rowman & Littlefield Publishers, 2001

Nussbaum, M. “Capability and Well- Being”. In: Nussbaum and Sen. The quality of life. Oxford: Clarendon Press, 1993

Downloads

Publicado

2018-12-31

Edição

Seção

Dossiês