Extensão universitária: entre o continuismo e a utopia

Eros Marion Mussoi, Lucia Helena Correa Lenzi

Resumo


 

Problematizamos a extensão universitária da Universidade Federal de Santa Catarina, investigando suas inter-relações com a sociedade. Trabalhamos com dados recolhidos em cerca de 18.000 projetos de extensão da UFSC, de 2008 a 2013. Verificamos expressiva concentração da Extensão da UFSC na Grande Florianópolis (84% dos projetos) e, nessa região, predominância absoluta de Florianópolis (98% dos projetos). Em termos socioeconômicos, constatamos que os municípios com menor IDH do Estado não são priorizados nas ações de extensão. A partir dessas constatações, caracterizamos a necessidade de uma atuação interdisciplinar e intersetorial mais consistente, a partir de uma lógica territorial. Propomos a definição de territórios-foco onde todas as ações de extensão da Universidade estejam perfeitamente integradas, tanto em planejamento quanto em execução/monitoramento. Buscamos, portanto, assumir a perspectiva de um processo multiautoral, demarcando a necessidade também de a universidade articular-se com organismos de políticas públicas municipais, estaduais e federal, para melhor andamento e continuidade dos projetos/ações de extensão universitária.

 


Palavras-chave


Extensão universitária; Território; Gestão social

Texto completo:

PDF

Referências


BORCHARDT, I. Diagnóstico da exclusão social em Santa Catarina: mapa da fome. Florianópolis: SDS/Instituto Cepa/SC, 2003.

FÓRUM DOS PRÓ-REITORES DE EXTENSÃO DE UNIVERSIDADES PÚBLICAS BRASILEIRAS. Política Nacional de Extensão Universitária. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2013.

IBGE-Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Perfil dos Municípios Brasileiros. www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/perfilmunic/2009. Acesso em 20/08/2013.

JAPIASSU, H.; MARCONDES, D. Dicionário básico de filosofia. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

KOCKELMANS, J. J. (Ed.). Interdisplinarity and higher education. University Park/London: Pennsylvania State University, 1979.

MUSSOI, E. M. Living and working with peasants: learning about sustainability and agricultural systems starting from the university. System-Oriented Research – Second European Symposium. Granada, Spain. March, 27-29, 1996. Proceedings… Disponível em: http://ifsa.boku.ac.at/cms/fileadmin/Proceeding1996/1996_WS06_52_Mussoi.pdf. Acesso em: 15/08/2013.

RAYNAUT, C. Interdisciplinaridade: mundo contemporâneo, complexidade e desafios à produção e à aplicação de conhecimentos. In: PHILIPPI JUNIOR, A.; SILVA NETO, A. J. (Eds.). Interdisciplinaridade em ciência, tecnologia & inovação. Barueri: Manole, 2011.

SANTANDREU, A.; MERZTHAL, G. Identificación participativa y análisis de actores de la agricultura urbana. Lima, Peru: IPES, 2007.




DOI: https://doi.org/10.5007/1807-0221.2015v12n20p103



Extensio: R. Eletr. de Extensão, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1807-0221.