Projeto de Extensão “Gestão de serviços em instituições do Terceiro Setor”

Autores

  • Ana Regina Bezerra Ribeiro Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Natália Lúcia da Silva Pinto Universidade Federal Rural de Pernambuco https://orcid.org/0000-0002-1448-8487
  • Lara Régia Melo Filho Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco
  • Marcela Correia Gomes Barbosa Ayres Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Suellen Araújo Oliveira Universidade Federal Rural de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-0221.2020v17n36p61

Palavras-chave:

Projeto de extensão universitária, Terceiro setor, Gestão de serviços

Resumo

O presente trabalho enfoca as atividades desenvolvidas pelo projeto de extensão da Universidade Federal Rural de Pernambuco intitulado “Gestão de Serviços em Instituições do Terceiro Setor”, cuja vigência foi de janeiro a dezembro de 2017. O projeto teve como objetivo inserir e aproximar os estudantes da graduação e do mestrado em Administração no contexto das organizações do terceiro setor (OTS) e proporcionar melhorias na prestação de serviços das ONGs beneficiadas. O projeto foi pautado nas finalidades das atividades de extensão, ou seja, na integração com as atividades de ensino e pesquisa para atender às demandas da sociedade, respeitando o compromisso social da universidade e permitindo uma maior interligação entre os ambientes acadêmico e comunitário. O projeto foi dividido em três etapas distintas: a seleção das instituições, o diagnóstico organizacional e a execução de ações. A metodologia permitiu o planejamento e execução de ações em cinco instituições. Foi observada a dificuldade de atender à demanda destas, devido às diferenças do público-alvo. Contudo, o projeto de extensão proporcionou à equipe executora o entendimento da dinâmica das organizações deste segmento, analisando suas diferenças, afinal, se forem comparadas às instituições privadas ou públicas, as organizações do terceiro setor não têm a lucratividade como finalidade, possuem voluntários contribuindo para a prestação de serviços e, na maioria das vezes, não têm mecanismos de gestão adequados à sua realidade. Ao fim do projeto, verificou-se que houve promoção do conhecimento sobre gestão administrativa, melhoria na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento interpessoal entre os membros das cinco instituições atendidas pelo projeto de extensão.

Biografia do Autor

Ana Regina Bezerra Ribeiro, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Graduação em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Doutora e Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Professora adjunta vinculada ao Departamento de Administração(DADM) e ao Programa de Pós-Graduação em Administração e Desenvolvimento Rural (PADR) da  Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). 

Natália Lúcia da Silva Pinto, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Tecnóloga em Gestão de Turismo pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE). Graduação em Administração pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Especialista em Gestão de Empresas pela Faculdade Joaquim Nabuco. Mestra em Administração e Desenvolvimento Rural pelo Programa de Pós-Graduação em Administração e Desenvolvimento Rural da Universidade Federal Rural de Pernambuco (PADR-UFRPE).

Lara Régia Melo Filho, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco

Graduação em Administração pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Mestra em Administração e Desenvolvimento Rural pelo Programa de Pós-Graduação em Administração e Desenvolvimento Rural da Universidade Federal Rural de Pernambuco (PADR-UFRPE). Professora no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Campus Igarassu).

Marcela Correia Gomes Barbosa Ayres, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Discente do Curso de Bacharelado em Administração da Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Suellen Araújo Oliveira, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Graduação em Administração da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Mestranda em Administração e Desenvolvimento Rural na Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Referências

AL-TABBA, O.; LEACH, D.; MARCH, J. CollaborationBetweenNonprofitand Business Sectors: a frameworktoguidestrategydevelopment for nonprofitorganizations. Voluntas: InternationalJournalofOrganization, TheoryandBehavior, 25 (3), p 657-678, 2014. Disponível em: https://goo.gl/YYvjPN Acesso em 08 ago. 2018.

ARAÚJO, M. M.; COSTA, J. A. F.; ALMEIDA, M. R. Qualidade em serviços e o comportamento servidor: Estabelecendo uma relação teórica. Anais do XXXVII Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 2013. Disponível em: https://goo.gl/egmUK9 Acesso em: 02 jun. 2018.

CARVALHO, A. O.; FADUL, E. M. C. Os Fatores Críticos de Sucesso na Gestão das Organizações Não-Governamentais. Administração Pública e Gestão Social, v.4, p.148-171, 2012. Disponível em: https://goo.gl/nZuyTk Acesso em: 30 maio 2018.

CARVALHO, A.; FERREIRA, M.; LIMA, V. A qualidade no Terceiro Setor: o caso do Centro de Reabilitação Profsissional de Gaia (GRPG). In Anais do IV Congresso Internacional de Casos Docentes em Marketing Público e Não Lucrativo, Porto, Portugal, 2012. Disponível em: https://goo.gl/ABLmPa Acesso em: 30 maio 2018.

CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO. Pesquisa Nacional Sistema CFA/CRA: perfil, formação, atuação e oportunidades de trabalho do administrador e tecnólogo (6a. ed.). Brasília, DF, Brasil: Angrad, 2016.

FALCONER, A. P. A. Promessa do terceiro setor: um estudo sobre a construção do papel das organizações sem fins lucrativos e do seu campo de gestão, Dissertação de Mestrado, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil, 1999.

FIGUEIREDO, V. C.; SOUZA, A. A. A.; SILVA, I. C. M., ROSA, M. E. A.; GAMA, M. C. B.; SETTE, R. S. Dificuldades de Gestão das Organizações Não Governamentais: Uma Nova Configuração do Modelo de Trabalho. In Anais do IV Encontro de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho, Brasília, DF, Brasil, 2013. Disponível em: https://goo.gl/Z2hvoE Acesso em 29 maio 2018.

FIFKA, M. S.; KÜHN, A.L.; ADAUI, C. R. L.; STILGLBAUER, M.PromotingDevelopment in WeakInstitutionalEnvironments: The UnderstandingandTransmissionofSustainabilityby NGOS in LatinAmerica. Voluntas: InternationalJournalofVoluntaryandNonprofitOrganizations, vol. 27, p. 1091-1122, 2006. Disponível em: https://goo.gl/EX1Xgs Acesso em 29 maio 2018.

HECKERT, C. R.; SILVA, M. T. Qualidade de Serviços nas Organizações do Terceiro Setor. Produção, vol. 18, n. 2 p. 319-330, 2008. Disponível em: https://goo.gl/qj7zxR Acesso em: 30 maio 2018.

MONTAÑO, Carlos. Terceiro setor e questão social; crítica ao padrão emergente de intervenção social. São Paulo: Cortez, 2002.

OLIVEIRA, C. A.; JR.; FERRAZ, S. F. S. ONGS Como Espaço de Investimento Profissional. Anais do XXXI Encontro Nacional da Pós-Graduação em Administração da Associação da ANPAD. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 2007. Disponível em: https://goo.gl/E3mAHJ Acesso em: 30 maio 2019.

PARASURAMAN, A.; ZEITHAML, V. A. & BERRY, L. L. A Conceptual ModelOf Services QualityAnd Its Implication For Future Research. Journalof Marketing, vol. 49, n.4 p. 41-50, 1985.

PLANO NACIONAL DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras. [Coleção Extensão Universitária] (Vol. 1). Ilhéus: Editus, 2001.

SLACK, N.; CHAMBERS, S. & JOHNSTON, R. Administração da Produção. 3. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2009.

TENÓRIO, F. G. Gestão de ONGS: principais funções gerenciais. 11. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2009.

TEODÓSIO, A. S. S. Pensar pelo avesso o terceiro setor: mitos, dilemas e perspectivas da ação social organizada nas políticas sociais. Revista Lusotopie, PUC-MG, n.1, p. 241-262, 2002. Disponível em: https://goo.gl/6aU4CB Acesso em 18 jun. 2018.

Downloads

Publicado

2020-08-21