Programa de Educação Tutorial em Odontologia e Fonoaudiologia da Universidade Federal de Santa Catarina: um relato de experiência

Autores

  • Lígia Figueiredo Valesan Universidade Federal de Santa Catarina https://orcid.org/0000-0003-0783-7084
  • Gabriella Piazza Maccarini Universidade Federal de Santa Catarina
  • Júlia Roberta Régis Universidade Federal de Santa Catarina
  • Murilo Kazuo Iwassake Universidade Federal de Santa Catarina
  • Laura Faustino Gonçalves Universidade Federal de Santa Catarina
  • Beatriz Dulcineia Mendes de Souza Universidade Federal de Santa Catarina https://orcid.org/0000-0003-4277-287X

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-0221.2020v17n36p94

Palavras-chave:

Multidisciplinar, Odontologia, Fonoaudiologia

Resumo

O objetivo deste relato de experiência é relatar as atividades e projetos desenvolvidosno Programa de Educação Tutorial de Odontologia e Fonoaudiologia (PET Odonto-Fono) e demonstrar a importância da atuação multidisciplinar na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O programaexiste desde 2010 e é formado por discentes e docentes dos cursos de graduação em Odontologia e Fonoaudiologia. O PET Odonto-Fono tem por essência estimular os valores de cidadania e consciência social, bem como elaborar alguns projetos: Capacitações internas, Clínica Integrada Odonto-Fono, PET baseado em Evidências, Projeto Workshop e Palestras, Informa PET, PET Monitoria, PET Tampinhas, Campanha da Cultura Indígena, Planeja PET, PETeca, CinePET, PET Publica e Grupo de Apoio PET. Portanto, o PET Odonto-Fono promove a transformação social e o enriquecimento da produção científica, além de contribuir naatuação multidisciplinar dos futuros profissionais, capacitando-os e demonstrando a importância doatendimento humanizado e dotrabalho em equipe.

Biografia do Autor

Lígia Figueiredo Valesan, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduação em Odontologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestranda do Programa de Pós-graduação em Odontologia (PPGO) pela UFSC.

Gabriella Piazza Maccarini, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduanda em Odontologia pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Júlia Roberta Régis, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduanda em Odontologia pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Murilo Kazuo Iwassake, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduando em Odontologia pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Laura Faustino Gonçalves, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduanda em Fonoaudiologia pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Beatriz Dulcineia Mendes de Souza, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Odontologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre e Doutora em Endodontia pela UFSC. Professora Adjunto do Departamento de Odontologia UFSC. 

Referências

AMARAL, E.C. et al. Interrelação entre a Odontologia e a Fonoaudiologia na motricidade orofacial. Revista CEFAC, São Paulo, v.8, n.3, p. 328-36, 2006.

ANDRADE, R. C.; CUNHA, M. D. D.; REIS, A. M. D. C. D. S. Análise morfofuncional do sistema estomatognático em usuários de prótese total convencional do Centro Integrado de Saúde – CIS. Revista CEFAC, São Paulo, v.9, n.5, p, 712-25, 2017.

BERBEL, N. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Revista Semina: Ciências Sociais e Humanas, Londrina, v. 32, n. 1, p. 25-40, 2011.

DEARO, P. R.; NAKAYAMA, J. T. O.; ROSSIT, R. A. S. Potencialidades e fragilidades do Programa de Educação Tutorial: percepções de acadêmicos. Caminho Aberto - Revista de Extensão do IFSC, v.4, n.6, p. 37-45, 2017.

GOMES, M. P. C. et al. O uso de metodologias ativas no ensino de graduação nas ciências sociais e da saúde: avaliação dos estudantes. Ciência & Educação, v. 16, n. 1, p. 181-198, 2010.

LUCHESI, K. F. et al. Fonoaudiologia e Odontologia na Atenção Básica: Relato de Experiência de Educação em Saúde. Distúrbios Comum, São Paulo, v. 28, n. 2, p. 388-93, 2016.

MARTINS, I. L. Educação Tutorial no ensino presencial: uma análise sobre o PET. PET–Programa de Educação Tutorial: estratégia para o desenvolvimento da graduação. Ministério da Educação, Brasília, 2007.

MATTEVI, G. S. et al. A participação do cirurgião-dentista em equipe de saúde multidisciplinar na atenção à saúde da criança no contexto hospitalar. Ciência & Saúde Coletiva, v. 16, p. 4229-4236, 2011.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC), Coordenação Geral De Relações Acadêmicas De Graduação Programa De Educação Tutorial - Pet. Manual de Orientações Básicas - PET. p. 1–25, 2006.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC). Conselho Nacional de Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Odontologia. Diário Oficial da União, Brasília, Seção 1, p. 10, 2002.

MITRE, S. M. et al. Active teaching-learning methodologies in health education: current debates. Ciência & saúde coletiva, v. 13, p. 2133-2144, 2008.

PAIVA, M. R. F. et al. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem: revisão integrativa. SANARE- Revista de Políticas Públicas, v. 15, n. 2, 2016.

ROQUETE, F. F. et al. Multidisciplinaridade, interdisciplinaridade e transdisciplinaridade: em busca de diálogo entre saberes no campo da saúde pública. Revista de Enfermagem do Centro Oeste Mineiro, 2013.

SILVA, T. R.; CANTO, G. L. Integração odontologia-fonoaudiologia: a importância da formação de equipes interdisciplinares. Revista CEFAC, v.16, n.2, p. 598-603, 2014.

SOUZA, R. M.; GOMES J. S. R. Tutorial Education Program: Advances in schooling in physics at Rio Grande do Norte state. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 37, n. 1, p. 1501, 2015.

TAUCHEN, G. et al. O princípio da indissociabilidade universitária: um olhar transdisciplinar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Porto Alegre, 2009.

TOSTA, R.M. et al. Programa de educação tutorial (PET): uma alternativa para a melhoria da graduação. Psicologia para América Latina, n. 8, p. 0-0, 2006.

XAVIER, B. T. L.; GOULART, D. F. Ensino, pesquisa e extensão consorciados: a fórmula do sucesso do Programa de Educação Tutorial/PET. PETCOM, Bahia, 2007.

Downloads

Publicado

2020-08-21