Reciclagem de óleos residuais para a produção de sabão no município de Itapetinga-BA

Marcondes Viana Silva, Meiriane Freitas Dias, Priscilla Ferreira Macedo, Silvana Ribeiro Vilas Boas, Poliana Souza Botêlho, Inês Chamel José

Resumo


 

O presente estudo teve como objetivo reciclar óleos residuais como uma alternativa ecologicamente viável para a produção de sabão. As amostras foram coletadas em bares, lanchonetes, pastelarias, hotéis e residências da cidade de Itapetinga-BA e conduzidas ao laboratório para análises físico-químicas. Foram testadas treze metodologias, destas selecionaram-se apenas três, considerando as seguintes características: qualidade tecnológica de textura, aparência e pH adequados. Os sabões processados foram submetidos ao teste de aceitação em nove lavanderias comunitárias municipais utilizando questionários para avaliação, julgando os atributos de consistência, espuma, remoção de sujeira e rendimento. Os resultados obtidos revelaram não haver diferença significativa ao nível de 5% de probabilidade entre a aceitação os sabões processados.  Assim sendo, a reciclagem de óleos e gorduras é viável e sua utilização deve ser estimulada como uma ferramenta para preservação do meio ambiente.


Palavras-chave


Análises físico-químicas; controle de qualidade; hidrólise alcalina; meio ambiente

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-0221.2012v9n13p106



Extensio: R. Eletr. de Extensão, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1807-0221.