Produção de soja: um olhar para as questões sociais e ambientais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2177-5230.2021.e74515

Palavras-chave:

Agricultura, Cultivo de soja, Responsabilidade socioambiental

Resumo

A produção de soja tem um papel determinante no desenvolvimento agrícola brasileiro, sendo reconhecida como a commodity mais importante para o agronegócio do país e caracterizada por um processo produtivo exigente, para além das questões econômicas tradicionais. Este artigo objetiva analisar as perspectivas sociais e ambientais da produção de soja, de acordo com a percepção do produtor. Trata-se de um estudo quantitativo e que teve aplicação de questionário à produtores de soja do Estado do Rio Grande do Sul/Brasil. A análise estatística descritiva e multivariada demonstra que no geral há responsabilidade socioambiental nesta atividade produtiva, contudo, se entende que esses índices podem ser aperfeiçoados especialmente a partir da conscientização e maior aderência a legislação.

Biografia do Autor

Bianca Bigolin Liszbinski, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Professora da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Departamento de Administração, Campus Palmeira das Missões. Doutoranda em Desenvolvimento Regional pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ)

Maria Margarete Baccin Brizolla, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ)

Professora da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ), Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade. Doutora em Ciências Contábeis e Administração (FURB)

Tiago Zardin Patias, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Professor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Programa de Pós-Graduação em Agrnegócios, Campus Palmeira das Missões. Doutor em Administração (UFSM)

Referências

ALCANTARA, G. O.; LEITE, J. L. A mercantilização da proteção ambiental: a responsabilidade socioambiental e a sustentabilidade em questão. O Social em Questão, n. 40, p. 103-134, 2018.

CAETANO, J. M.; TESSAROLO, G.; OLIVEIRA, G.; SOUZA, K. S.; DINIZ-FILHO, J. A. F.; NABOUT, J. C. Geographical patterns in climate and agricultural technology drive soybean productivity in Brazil. PlosOne, January 30, p. 1-16, 2018.

CONAB (COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO). Acompanhamento da safra brasileira de grãos 2018/2019. Observatório Agrícola, v. 6, n. 12, 2019.

CONAB (COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO). Acompanhamento da safra brasileira de grãos 2019/2020. Observatório Agrícola, v. 7, n. 6, 2020.

COOPER, D. R.; SCHINDLER, P. S. Métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre: Bookman, 2016.

CORREIA, J. E. Soy states: resource politics, violent environments and soybean territorialization in Paraguay. The Journal of Peasant Studies, v. 46, n. 2, p. 316-326, 2019.

COSTA, C. A.; CÂNDIFO, G. A.; MACEDO, L. B. Análise descritiva e comparativa do programa soja plus no estado de mato grosso: uma abordagem a partir da responsabilidade social empresarial. Revista de Administração e Negócios da Amazônia, v.8, n.3, p. 292-314, 2016.

COSTA, N. L.; SANTANA, A. C. Análise do mercado da soja: aspectos conjunturais da formação do preço pago ao produtor brasileiro. Plantio Direto, v. 163, p. 20-39, 2018.

CURVO, H. R. M.; PIGNATI, W. A.; PIGNATI, M. G. Morbimortalidade por câncer infantojuvenil associada ao uso agrícola de agrotóxicos no Estado de Mato Grosso, Brasil. Cadernos Saúde Coletiva, v.21, n. 1, p. 10-17, 2013.

EMATER. Safra 2019-2020: avaliação de produtividade e produção. Disponível em: http://www.emater.tche.br/site/arquivos_pdf/safra/safraTabela_12032020.pdf. Acesso em: 27 mar. 2020 (a).

EMATER. Cotações agropecuárias nº 2120. Disponível em: http://www.emater.tche.br/site/arquivos_pdf/precos/preco_27032020.pdf. Acesso em: 27 mar. 2020 (b).

ETHOS (INSTITUTO). Indicadores Ethos para negócios sustentáveis e responsáveis: ciclo 2017/2018. São Paulo: Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, 2018.

GARRETT, R. D.; RAUSCH, L. L. Green for gold: social and ecological tradeoffs influencing the sustainability of the Brazilian soy industry. The Journal of Peasant Studies, v. 43, n. 6, p. 461-493, 2016.

GAZZONI, D. L. A sustentabilidade da soja no contexto do agronegócio brasileiro e mundial. Londrina: Embrapa Soja, 2013.

HIRAKURI, M. H. Avaliação econômica da produção de soja nos estados do Paraná e Rio Grande do Sul na safra 2016/17. Londrina: Embrapa, 2017. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/154843/1/CT126.pdf

HIRAKURI, M. H.; CASTRO, C.; FRANCHINI, J. C.; DEBIASI, H.; PROCÓPIO, S. O.; BALBINOT JÚNIOR, A. A. Indicadores de sustentabilidade da cadeia produtiva da soja no Brasil. Londrina: Embrapa Soja, 2014.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Resultados definitivos do censo agro 2017. Disponível em: https://censos.ibge.gov.br/agro/2017/templates/censo_agro/resultadosagro/index.html. Acesso em: 27 mar. 2020.

KAMALI, F. P.; MEUWISSEN, M. P. M.; BOER, I. J. M.; MIDDELAAR, C. E.; MOREIRA, A.; LANSINK, A. G. J. M. O. Evaluation of the environmental, economic, and social performance of soybean farming systems in southern Brazil. Journal of Cleaner Production, v. 142, p. 385-394, 2017.

LIMA, M.; SILVA JÚNIOR, C. A.; RAUSCH, L.; GIBBS, H. K. JOHANN, J. A. Demystifying sustainable soy in Brazil. Land Use Policy, v. 82, p. 349-352, 2019.

LIU, W.; WANG, J.; SUN, L.; WANG, T.; LI, C. CHEN, B. Sustainability evaluation of soybean-corn rotation systems in the Loess Plateau region of Shaanxi, China. Journal of Cleaner Production, v. 210, p. 1229-1237, 2019.

MACAGNAN, C. B. Teoría institucional: escrito teórico sobre los protagonistas de la escuela institucionalista de economia. BASE-Revista de Administração e Contabilidade da Unisinos, v. 10, n. 2, p. 130-141, 2013.

MATIAS-PEREIRA, J. Manual de metodologia da pesquisa científica. São Paulo: Atlas, 2019.

MIRANDA, A. C.; MOREIRA, J. C.; CARVALHO, R.; PERES, F. Neoliberalismo, uso de agrotóxicos e a crise da soberania alimentar no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 12, n. 1, p. 7-14, 2007.

NASCIMENTO, F. C. F. S.; NASCIMENTO, T. G.; RAMOS, J. C. C.; MORAIS, A. R. M. N.; SILVA, A. T.; DUARTE, F. R. Ética e responsabilidade socioambiental. Id on Line-Revista Multidisciplinar de Psicologia, v. 13, n. 43, p. 1043-1055, 2019.

NEUMANN, K.; VERBURG, P. H.; STEHFEST, E.; MÜLLER, C. The yield gap of global grain production: a spatial analysis. Agricultural Systems, v. 103, p. 316-326, 2010.

NORTH, D. Instituciones, cambio institucional y desempeño edonómico. México: Foundo de Cultura Económica, 1995.

PATIAS, T. Z. Inovação social e sustentabilidade em arranjos produtivos locais de agroindústria familiar. Tese. 188p. Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Santa Maria/RS. Santa Maria, 2017.

PESSOA, K. De la soya hacia la agroecología: agriculturas en disputa. Letras Verdes: Revista Latinoamericana de Estudios Socioambientales, n. 25, p. 29.53, 2018.

PESTANA, M. H.; GAGEIRO, J. N. Análise de dados para ciências sociais: a complementaridade do SPSS, Edições Silabo: Lisboa, 2003.

RAMOS, J. R. N. S.; SANTOS, F. S.; ALMEIDA NETO, P. P. Limitações na responsabilidade socioambiental no agronegócio do oeste baiano. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade – GeAS, v. 4, n. 1, p 30-45, 2015.

SANTANA, A. C. Elementos de economia, agronegócio e desenvolvimento local. Belém: GTZ, 2005.

SAUER, S. Soy expansion into the agricultural frontiers of the Brazilian Amazon: The agribusiness economy and its social and environmental conflicts. Land Use Policy, v. 79, p. 326-338, 2018.

SONG, J.; CHEN, X. Eco-efficiency of grain production in China based on water footprints: a stochastic frontier approach. Journal of Cleaner Production, v. 236, p. 1-18, 2019.

SOUZA, G. S.; COSTA, L. C. A.; REIS, F. D. V.; PAMPLONA, Y. A. P. Presença de agrotóxicos na atmosfera e risco à saúde humana: uma discussão para a vigilância em saúde ambiental. Ciência & Saúde Coletiva, v. 22, n. 10, p.3269-3280, 2017.

WANG, X.; TAN, K.; CHEN, Y.; CHEN, Y.; SHEN, X.; ZHANG, L.; DONG, C. Emergy-based analysis of grain production and trade in China during 2000-2015. Journal of Cleaner Production, v. 193, p. 59-71, 2018.

WANG, Z.; LI, J.; LAI, C., WANG, R. Y.; CHEN, X.; LIAN, Y. Drying tendency dominating the global grain production área. Global Food Security, v. 16, p. 138-149, 2018.

ZORTEA, R. B.; MACIEL, V. G.; PASSUELLO, A. Sustainability assessment of soybean production in Southern Brazil: A life cycle approach. Sustainable Production and Consumption, v. 13, p. 102-112, 2018.

Downloads

Publicado

2021-09-03

Edição

Seção

Artigos