GESTÃO ESTRATÉGICA DE RH E GESTÃO DO CONHECIMENTO: Análise de Conglomerados nas Melhores Empresas Para Trabalhar

Conteúdo do artigo principal

Fernando Rejani Miyazaki
https://orcid.org/0000-0001-5253-6307
Marcela Zucherato
https://orcid.org/0000-0001-8167-3175
Wilson Aparecido Costa de Amorim
https://orcid.org/0000-0002-0983-1447

Resumo

Objetivo: Identificar como as melhores empresas para trabalhar lidam com a Gestão Estratégica de Recursos Humanos [GERH] e a Gestão do Conhecimento [GC] simultaneamente. Objetivo secundário: Verificar se há perfis identificáveis nas melhores empresas em relação à intensidade das práticas de GERH e GC.Design/Metodologia/Abordagem: O estudo empregou uma abordagem descritiva e quantitativa, com uso de estatísticas descritivas e análise de conglomerados. Amostra final de 359 empresas participantes da pesquisa anual ‘As Melhores Empresas para Você Trabalhar’ [MEPT], dados da edição 2018.Resultados: O estudo encontrou uma solução recomendável com quatro conglomerados. Entre as melhores empresas [conglomerados acima da média], a GC atua como um diferenciador positivo, enquanto a GERH atua como um pré-requisito de entrada, cuja ausência relega as empresas aos conglomerados abaixo da média. Limitações da pesquisa (se aplicável): Esta pesquisa utilizou um recorte da pesquisa MEPT feito em um estudo anterior e, embora contenha avanços na teoria, não revisita a construção dos construtos utilizados.Implicações práticas (se aplicável): Por ser voluntária e aplicável apenas em grandes empresas, a pesquisa MEPT e seus resultados não são generalizáveis de imediato, sem tratamento prévio.Implicações sociais (se aplicável): Não aplicável.Originalidade/valor: Pesquisa derivada de um estudo anterior, porém com avanços teóricos ao determinar perfis de idade, número de funcionários e principais áreas de atuação para os diferentes conglomerados identificados de empresas em relação às suas práticas de GERH e GC.

Detalhes do artigo

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Fernando Rejani Miyazaki, Universidade de São Paulo

Doutorando em Administração, Universidade de São Paulo (desde 2019). Mestre em Administração, Universidade Metodista de São Paulo (2017).

Marcela Zucherato, Universidade de São Paulo

Mestranda em Administração, Universidade de São Paulo (desde 2018).

Wilson Aparecido Costa de Amorim, Universidade de São Paulo

Professor Associado, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo. Doutor em Administração, Universidade de São Paulo (2007). Mestre em Economia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1987).