Etnografia é, etnografia não é

Autores

  • John L. Jackson Jr Richard Perry University Professor

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8034.2017v19n1p45

Resumo

Usando uma noção de "digital" como uma de suas metáforas principais, uma versão do termo que se apoia na discussão de Kara Keeling sobre o "humanismo digital", este texto argumenta que há algo sobre as não-linearidades que definem a diferença da digitalidade que pode nos ajudar a pensar sobre recalibragens no próprio projeto etnográfico. De uma discussão da representação fílmica de Marlon Riggs de sua própria morte (como uma maneira de falar sobre o não-digital) a uma máquina que usa tecnologia digital para brincar com a temporalidade em transmissões televisivas, este artigo quer perguntar o que a mudança das relações sociais (e realidades existenciais) implicadas na ubiquidade das mídias digitais pode significar para a pesquisa e a escrita etnográficas de hoje. Com os African Hebrew Israelites of Jerusalem como sujeitos etnográficos centrais, argumento que levar a digitalidade a sério significa redefinir o que a etnografia é e e o que ela não é num momento pós-Writing Culture.
Palavras-Chave: Digitalidade; Diáspora; Negritude; Etnografia; Antropologia da mídia

Biografia do Autor

John L. Jackson Jr, Richard Perry University Professor

É professor de comunicação e Antropologia em Richard Perry University. A pesquisa de John Jackson Jr. envolve métodos etnográficos na análise de mídia, o impacto dos meios de comunicação de massa sobre a vida urbana, mediamaking como uma forma de construção da comunidade entre organizações religiosas, a globalização e a reestruturação das diásporas étnicas/raciais, estudos visuais e teorias da realidade, e racialização e tecnologia de mídia.

Downloads

Publicado

2017-12-19

Como Citar

JACKSON JR, John L. Etnografia é, etnografia não é. Ilha Revista de Antropologia, Florianópolis, v. 19, n. 1, p. 045–069, 2017. DOI: 10.5007/2175-8034.2017v19n1p45. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ilha/article/view/2175-8034.2017v19n1p45. Acesso em: 19 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos