Sons e Espacialidade, os Caminhos nos Cantos e Danças Guarani

Deise Lucy Oliveira Montardo

Resumo


Neste artigo faço uma reflexão sobre a importância das transcrições nos estudos de música
e de dança indígenas, realçando os percursos interpretativos que me levaram a compreensão de que nos rituais guarani são percorridos caminhos que levam os participantes ao encontro dos heróis criadores e a outros seres espirituais. Defendo o esforço dedicado a criar ferramentas teórico-metodológicas para realizar transcrições que auxiliem a escuta e a observação dos rituais em movimentos que, dialogicamente, auxiliem no entendimento desses universos.


Palavras-chave


Etnomusicologia; Antropologia da Música; Guarani; Kaiowá; Antropologia da Dança

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8034.2018v20n1p145

Ilha R. Antr., Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC,  Florianópolis, SC, Brasil, ISSNe 2175-8034