Macroalgas do Parcel do Carpinteiro - com a adição de Rhodymenia delicatula (Rhodophyta) à flora brasileira

Paulo Antunes Horta, Francisco Bucchmann, Allan Tainá de Souza, Eurico C. Oliveiras

Resumo


O conhecimento da biodiversidade brasileira é indispensável para que se tenha o uso sustentável e a preservação racional dos recursos naturais. Entretanto, um inventário adequado desta diversidade encontra obstáculos quando se refere às
comunidades que colonizam o infralitoraI. Em um esforço conjunto de diferentes instituições foram realizadas expedições ao sul do Brasil com o objetivo de se catalogar, em caráter preliminar a diversidade do macrobentos acessível por meio de mergulho autônomo. As coletas foram realizadas no Parcel do Carpinteiro (RS) e o material identificado conforme métodos usuais para cada um dos grupos específicos representantes dos cnidários e macroalgas. Foram identificadas quatro Rhodophyta e uma Chlorophyta. Dentre as macroalgas destacou-se a presença de Rhodymenia delicatula, pela primeira vez citada para o Atlântico Sul. A presença de algas características de águas mais quentes reforça a hipótese de que as condições ambientais mais estáveis do infralitoral favoreçam a extensão dos limites de ocorrência de diferentes espécies.

Seaweed from Carpinteiro Rocky Shoal - with the addition of Rhodymenia delicatula (Rhodophyta) to the brazilian flora

ABSTRACT

The knowledge ofBrazilian biodiversity is indispensable for a sustainable use and rational preservation ofnatural resources. However, an adequate inventory of this diversity faces obstacles when it refers to subtidal communities. Here we report the results of a first endeavor to sample the phytobenthic community on a subtidal rocky shoal near to the southem border ofBrazil accessible by scuba dive. The collections were made in the Carpinteiro rocky shoal (Rio Grande do Sul state). Were identified four Rhodophyta and one Chlorophyta. Among the macroalgae it is noteworthy the presence ofRhodymenia delicatula, here referred for the first time to the Southem Atlantic coast. The presence of seaweeds characteristic ofwarm regions reinforce the hypothesis that the environmental stablest conditions of subtidal favors the extension of occurrence limits of different species.


Palavras-chave


Subtidal; Seaweed; Macrobenthos; Rhodymenia; infralitoral; Macroalgas; Macrobentos

Texto completo:

PDF


Insula - Universidade Federal de Santa Catarina - Departamento de Botânica - Centro de Ciências Biológicas - Campos Universitário - Trindade - CEP 88040-900 - Florianópolis - SC – Brasil.

ISSN print 0101-9554
ISSNe 2178-4574