Feofíceas do litoral norte do Estado do Espírito Santo

Cristina Aparecida Gomes Nassar, Yocie Yoneshigue-Valentin, Maria Cristina da Silva Maurat, Cristina Falcão, Gilberto J. P. Mitchell

Resumo


As feofíceas de um modo geral, são referidas na literatura como sensíveis as variações dos parâmetros ambientais. 0 objetivo deste estudo é a avaliação quali-quantitativa deste grupo de algas que sofre a influência dos complexos industriais do litoral norte do Espírito Santo. A área de estudo esta delimitada ao norte pelo município de Barra do Riacho (19°50'S - 40°03'W) e ao sul pelo município de Vitória (20°20'S - 40°17'W). 0 material estudado é proveniente de 12 transectos posicionados perpendicularmente às praias e os quadrados (0.25x0.25m) lançados de forma pontual a cada 5m. São quatro as estações de coleta: Santa Cruz, Barra do Riacho (Áreas A e B) e Camburi. A Área B e Camburi estão inseridas em locais de lançamento de efluente. As coletas foram realizadas no período de 03/86 a 09/87. Foram identificadas 28 taxa de feofíceas referentes a 5 ordens (Ectocarpales, Sphacelariales, Scytosiphonales, Dictyotales e Fucales). Das espécies estudadas 9 são consideradas como citações novas para o Estado, tendo algumas delas seu limite de distribuição ampliado: Padina gymnospoza, Padina jamaicensis, Dictyopteris membranacea, Dictyota ciliolata, Sargassum stenophyllum, Sargassum filipendula, Sargassum vulgare, Sargassum ramifolium, Sargassum furcatum. 0 estudo quantitativo baseado nos transectos demonstrou que Sargassum apresentou valor elevado de biomassa (44.2 a 73.3g/625m2) e freqüencia 70.8 a 73.1%/625cm2). 0 gênero Padina teve a sua representação também com valores elevados de biomassa (33.5 a 43.1g/625cm2) e freqüencia (40.6 a 58.8%/625cm2). Barra do Riacho - Área B não apresentou populações de nenhuma espécie de feofíceas. Isto vem sugerir que os efluentes do complexo industrial, lançados na área estudada, prejudicam o crescimento das algas bentónicas na região.

Palavras-chave


Feoficeas; Anilise quali-quantitativa; Influência ambiental; efluentes.

Texto completo:

PDF/A


Insula - Universidade Federal de Santa Catarina - Departamento de Botânica - Centro de Ciências Biológicas - Campos Universitário - Trindade - CEP 88040-900 - Florianópolis - SC – Brasil.

ISSN print 0101-9554
ISSNe 2178-4574