Observações na diatomácea Cymbella affinis Kützing do sul do Brasil

Vera Lúcia Maróstica Callegaro, Saionara Eliane Salomoni

Resumo


Populações expressivas de Cymbella affinis Kützing foram encontradas em amostras de um lago artificial, situado na Companhia Petroquímica do Sul - COPESUL, no município de Triunfo, Rio Grande do Sul, Brasil. As frústulas destas diatomáceas foram estudadas em microscopia óptica e eletrônica (SEM). 0 exame de cerca de 237 indivíduos permitiu identificar a superposição de características morfológicas da espécie com outras espécies pedunculadas e estigmadas do gênero Cymbella, sugerindo a necessidade da revisão de vários critérios taxonômicos utilizados atualmente na delimitação destas espécies

Palavras-chave


Cymbella affinis; diatomácea de água doce; valva de algas; valva de margem ventral.

Texto completo:

PDF/A


Insula - Universidade Federal de Santa Catarina - Departamento de Botânica - Centro de Ciências Biológicas - Campos Universitário - Trindade - CEP 88040-900 - Florianópolis - SC – Brasil.

ISSN print 0101-9554
ISSNe 2178-4574