Tráfico de mulheres e exploração sexual: análise sobre o atendimento às vítimas

Autores

  • Tatiana Raulino Sousa Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.1590/1414-49802016.00200012

Palavras-chave:

Tráfico de Mulheres, Exploração Sexual, Políticas Públicas

Resumo

Este artigo propõe reflexões acerca da atuação do Estado frente à dinâmica do tráfico de mulheres para fins de exploração sexual. A opção pela abordagem qualitativa se deu devido aos objetivos da pesquisa, o que possibilitou a análise do movimento do real, a partir dos diálogos estabelecidos com determinados sujeitos. Foram realizadas entrevistas individuais com profissionais que atuam na execução da política pública de enfrentamento à referida modalidade de tráfico no Estado do Ceará. O debate problematiza, além das questões de ordem estrutural e social da divisão da sociedade de classes, os aspectos políticos e culturais que permeiam o universo do tráfico de seres humanos.

Biografia do Autor

Tatiana Raulino Sousa, Universidade Federal de Campina Grande

Doutoranda em Serviço Social pelo Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPGSS/UERJ). Professora do Curso de Serviço Social na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Downloads

Publicado

2016-11-17

Edição

Seção

Pesquisas aplicadas