Serviço Social e homofobia: a construção de um debate desafiador

Autores

  • Moisés Santos Menezes Universidade Federal de Sergipe
  • Joilson Pereira Silva Universidade Federal de Sergipe (UFS)

DOI:

https://doi.org/10.1590/1414-49802017.00100014

Palavras-chave:

Conjunto CFESS-CRESS, Homofobia, LGBT, Serviço Social

Resumo

Este artigo propõe reflexões acerca do debate sobre a diversidade sexual e de gênero no Serviço Social articulando seus desafios e limitações no seio da categoria profissional perante o combate a violência homofóbica. O estudo faz uma análise teórica a partir de concepções de diversos autores e de pesquisadores, além de documentos do conjunto CFESS/CRESS como informativos e resoluções. O debate visa problematizar, além da atuação profissional do assistente social junto às demandas apresentadas cotidianamente pela população LGBT, as diversas contradições que esse assunto tem provocado para essa categoria, grande desafio para o Serviço Social na contemporaneidade.

Biografia do Autor

Moisés Santos Menezes, Universidade Federal de Sergipe

Moisés Santos de Menezes

moisesmenezesmm@yahoo.com.br

Assistente Social, mestrando de Psicologia Social da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e Bolsista (CAPES)

Joilson Pereira Silva, Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Joilson Pereira da Silva

Doutor em Psicologia Social (Universidade Complutense de Madri-Espanha)

Professor da Universidade Federal de Sergipe

joilsonp@hotmail.com

 

Downloads

Publicado

2017-03-17

Edição

Seção

Espaço tema livre