Pluralismo, Serviço Social e projeto ético-político: um tema, muitos desafios

Valeria Lucilia Forti

Resumo


Este ensaio é fruto de observações extraídas de nossa experiência como assistente social e docente, particularmente, na disciplina ética profissional em Serviço Social, estudos teóricos e pesquisas empíricas qualitativas no âmbito acadêmico acerca da ética/ ética profissional e Serviço Social. Seu conteúdo foi parcialmente apresentado e debatido, por meio de palestra, no XV ENPESS. Nele há argumentos que buscam adensar o debate acerca da relação entre o pluralismo e o Serviço Social. Tal debate é imprescindível aos profissionais da área, haja vista vincular-se aos princípios éticos fundamentais do Código de Ética Profissional do Assistente Social em vigor. Observe-se que a apreensão suficiente e crítica da temática pelos profissionais e estudantes do Serviço Social é mister, em particular no momento presente em que ondas conservadoras se expressam com tamanha importância na vida social dos brasileiros e parecem repercutir nesse âmbito profissional.

Palavras-chave


Pluralismo; Serviço Social; Ética; Conservadorismo

Texto completo:

PDF/A PDF/A (English)


DOI: https://doi.org/10.1590/1982-02592017v20n3p373

R. Katál. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil eISSN: 1982-0259  

Licença Creative Commons Adota a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.