O governo eletrônico como tecnologia de inclusão social: reflexões a partir do Serviço Social

Helder Binimelis-Espinoza

Resumo


O governo eletrônico é uma ferramenta de política pública aparentemente inevitável que transforma a ação do governo e a prática profissional do Serviço Social. Este trabalho apresenta uma análise crítica das interpretações sobre governo eletrônico como uma ferramenta neutra ou ideologicamente determinada, considerando os desafios éticos e políticos envolvidos na prática profissional do Serviço Social. Também discute sua relação com o poder e seus efeitos negativos sobre a cidadania. Finalmente, propõe como alternativa para o Serviço Social pensar o governo eletrônico como uma tecnologia social orientada para a inclusão social e a formação de uma cidadania sócio-técnica capaz de compreender os efeitos da tecnologia na sociedade e na vida.

Palavras-chave


Serviço Social; Governo eletrônico; Inclusão social

Texto completo:

PDF/A (Español (España))


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1982-02592017v20n3p448

R. Katál. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil eISSN: 1982-0259  

Licença Creative Commons Adota a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.