Quando a questão racial é o nó da questão social

Renata Gonçalves

Resumo


Neste artigo são examinadas tensões raciais do pós-abolição e das primeiras décadas do século XX com o objetivo de compreender seus vínculos com o surgimento do Serviço Social. Almeja-se demonstrar que a questão racial se constituiu (e se constitui) como o nó que amarra a questão social. Desatá-lo é tarefa urgente para edificar um mundo sem exploração capitalista de classe e sem opressões de quaisquer natureza.


Palavras-chave


Questão social; Relações étnico-raciais; Capitalismo; Serviço Social

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.1590/1982-02592018v21n3p514

R. Katál. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil eISSN: 1982-0259  

Licença Creative Commons Adota a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.