Guerra e revolução: os anos de formação de A. Gramsci

Sabrina Areco

Resumo


A obra tem como tema Antonio Gramsci (1891-1937) e seus escritos publicados na imprensa socialista
italiana entre os anos de 1914 e 1919. A proposta de Rapone é delinear o que chama de “personalidade
intelectual” do marxista (p. 164) e a premissa que justifica o recorte temporal é a de que este período foi
fundamental na formação dessa personalidade. Como o título do livro sugere, aqueles foram anos de aceleração
do tempo histórico “ o período comporta a I Guerra (1914-1918), a Revolução de 1917, os movimentos
grevistas em parte significativa da Europa e o Biênio Vermelho na Itália (1919-1920) - que incidiram sobre a
experiência vivida por Gramsci e culminaram em sua maturidade política e intelectual. Rapone não pensa, no
entanto, em uma ruptura entre o Gramsci jovem e o maduro e o demonstra ao indicar a continuidade de temas
e perspectivas de análise entre os textos do período e sua obra produzida na prisão fascista – os Quaderni del
carcere, redigidos entre 1929 e 1935. Os escritos de juventude foram interpretados sob a ótica do contexto de
produção, sem se recorrer, no entanto, à exposição cronológica dos artigos publicados por Gramsci.

Palavras-chave


Gramsci’s; Education

Texto completo:

PDF/A

Referências


RAPONE, Leonardo. O jovem Gramsci: cinco anos que parecem séculos 1914-1919. Tradução Luiz Sérgio Henriques. Rio de Janeiro:

Contraponto; Brasília, DF: Fundação Astrogildo Pereira, 2014. 476 p.




DOI: https://doi.org/10.1590/1982-02592020v23n1p180

R. Katál. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil eISSN: 1982-0259  

Licença Creative Commons Adota a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.