Serviço Social na empresa

Maria José de Oliveira Lima, Claudia Maria Daher Cosac

Resumo


A história do Serviço Social no Brasil revela que os assistentes sociais sempre foram solicitados a atuar no universo empresarial. Essa atuação profissional na empresa apresentou formas diferenciadas, à medida que se alterava o cenário socioeconômico e político da sociedade brasileira. A década de 1990 foi marcada por intensas transformações ocorridas no mundo do trabalho, afetando consideravelmente as relações sociais de trabalho. As empresas reestruturaram-se e, objetivando melhor qualidade e produtividade, passaram a exigir profissionais mais qualificados, polivalentes e flexíveis, inclusive os assistentes sociais. Observou-se, nessa época, que houve redução significativa dos postos de trabalho desses profissionais. Os assistentes sociais que permaneceram no universo empresarial, diante de novas demandas de trabalho, foram obrigados a buscar alternativas que correspondessem às expectativas das empresas. Assim, passaram a investir em capacitação e inovação profissionais, apresentando-se como generalistas, interdisciplinares, consultores e gestores – destacando-se no meio empresarial como profissionais da Gestão de Recursos Humanos.


Palavras-chave


Serviço social; Empresa; Recursos humanos; Gestão; Social work; Company; Human; Resources; Management

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
A Revista Katálysis possui uma Licença Creative Commons

Todos os direitos estão reservados à Revista Katálysis. Programa de Pós-Graduação em Serviço Social. Universidade Federal de Santa Catarina.

R. Katál., UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - ISSNe: 1982-0259

E-mail: revistakatalysis@gmail.com